Na noite desta segunda-feira (20), o prefeito de Lagoa Seca, Fábio Ramalho e sua vice, Dalva Lucena, realizaram a primeira plenária popular na comunidade Campo do Bahia, que fica na região do sítio Floriano. Cerca de 100 moradores da localidade compareceram ao evento, que compõe o projeto “Prefeitura do Povo”, que tem o objetivo de ouvir as comunidades, para que os gestores juntos com a população, definam as prioridades administrativas.
Além do prefeito e da vice, também compareceram a plenária os secretários de Saúde, Agricultura, Assistência Social, Infraestrutura, o presidente do IPSER, coordenadores do Departamento de Esportes, Procuradoria Municipal e Câmara de Vereadores.

Diversas pessoas da comunidade fizeram uso da palavra e apresentaram demandas que foram anotadas e respondidas pelo próprio gestor e seus auxiliares. Moradores questionaram sobre assuntos voltados a infraestrutura, saúde, agricultura e educação. Fábio e Dalva se comprometeram em atender às demandas emergenciais como a perfuração de um poço artesiano, definir a atividades de uma âncora da Unidade de Saúde da Família que já existe na comunidade do Floriano e melhorar o transporte escolar, substituindo a Van que atualmente transposta os alunos por um microônibus para que todos tenham mais conforto.

O prefeito Fábio Ramalho destacou a importância da realização da plenária no Campo do Bahia. “Começamos nesta localidade, onde também começamos a trajetória que nos levou até a prefeitura. Assumimos o compromisso de percorrer as localidades e ouvir as necessidades do nosso povo, esta foi apenas a primeira, teremos muitas outras”, disse.

Ainda conforme o chefe do executivo municipal, as pessoas precisam aproveitar a oportunidade para expor os problemas da região. “Na plenária queremos muito mais ouvir do que falar. Desejamos que os lagoasequenses nos ajude a definir as prioridades para cada região do município, por isso é importante a fala deles durante cada plenária”, destacou Fábio Ramalho.