A partir desta segunda-feira (17) a Prefeitura de Lagoa Seca, através da Secretária Municipal de Assistência Social, inicia o processo de recadastramento dos usuários dos programas sociais oferecidos pelo poder público. Os trabalhos serão coordenados pelo Departamento de Cadastro Único e Programa Bolsa Família, que elaborou um calendário de atendimento para evitar transtornos durante todo o processo. Na primeira semana o recadastramento será realizado nas comunidades do Oiti, Araçá, Gravatá do Cumbe e Mineiro.

O processo de atualização cadastral dos usuários será feito inicialmente apenas na zona rural do município, a zona urbana só deverá participar do processo no segundo semestre deste ano.

Conforme a programação, serão montados postos de atendimento em locais estratégicos das comunidades, e as famílias inscritas no Cadastro Único devem se dirigir até os postos de atendimento para realizar o recadastramento. Para maiores informações sobre o recadastramento, basta procurar o agente de saúde de cada região, eles são parceiros e possuem as informações necessárias para esclarecer as dúvidas pertinentes ao recadastramento.

De acordo com o coordenador do Cadastro Único e Bolsa Família em Lagoa Seca, Welbert Barros, o recadastramento é uma exigência nacional e as famílias que não realizarem a devida atualização de dados, poderão ter os benefícios bloqueados. “A cada dois anos é necessário fazer, não é uma decisão do município. Os que não atualizarem seus dados podem ser penalizados chegando até a perder o benefício. Preparamos um cronograma para atender bem a todos e evitar transtornos durante todo o processo”, declarou.

Devem realizar o recadastramento todas as famílias inscritas no cadastro mesmo que ainda não sejam beneficiária ou participem de algum dos seguintes programas: Bolsa Família, PETI, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Minha Casa Minha Vida, Programa de Cisternas, Tarifa Social de Energia, Tarifa Social de Água, Benefício de Prestação Continuada (Auxílio Doença), Bolsas Estudantis Federais, entre outros.

O responsável familiar deve apresentar os seguintes documentos originais de toda composição familiar: Carteira de identidade; Carteira profissional de trabalho (para maiores de 18 anos); CPF; Título de eleitor; Certidão de casamento; Certidão de nascimento; Declaração escolar (para estudantes menores de 18 anos); Comprovante de residência atualizado; Comprovante de renda (caso tenha carteira de trabalho assinada, servidor público deve apresentar contracheque, declaração de renda ou contrato).

 

Confira o calendário de realização do recadastramento nesta primeira semana:

  • Dia 17 de abril – Moradores do Sítio Oiti – Posto de atendimento: Escola Severina Cândido
  • Dia 18 de abril – Moradores do Sítio Araçá – Posto de atendimento: Escola Severina Cândido
  • Dia 19 de abril – Moradores do Sítio Gravatá do Cumbe – Posto de atendimento: Escola Frei Dagoberto
  • Dia 20 de abril – Moradores do Sítio Oiti (retardatários) – Posto de atendimento: PSF Inácia Leal
  • Dia 20 de abril – Moradores do Sítio Mineiro – Posto de atendimento: PSF Inácia Leal