A Prefeitura de Lagoa Seca, em parceria com a Câmara Municipal e o Hemocentro da Paraíba, realizará no próximo sábado (30), a campanha de doação de sangue que recebeu o nome Sábado do Bem e tem como objetivo incentivar a doação de sangue e também fazer a coleta dos doadores. A ação acontecerá das 8h às 14h na sede da Câmara Municipal.

A inciativa foi do vereador líder da bancada de situação, Marconi Acióli (PP) que apresentou o requerimento e conseguiu agendar os trabalhos com as equipes de saúde.

Para realizar a ação, a Câmara de Lagoa Seca também está garantindo toda infraestrutura do local, além de lanche e brinde para as pessoas que doarem pela primeira vez.

O prefeito Fábio Ramalho falou sobre a importância da ação, destacando que o gesto pode ajudar a salvar vidas. “É um gesto muito bonito e importante. Através da doação de sangue podemos salvar vidas de pessoas que nem se quer conhecemos, isso é fazer o bem ao próximo e todos devemos praticar o bem. Iremos realizar a ação, pois sabemos que muitas pessoas querem doar, mas por falta de informação ou de oportunidade terminam sem praticar esse gesto tão importante. Queremos que a coleta atinja grandes números e que esses doadores doem outras vezes também”, frisou o chefe do executivo municipal.

Saiba mais:

Quem pode doar sangue?

  • Homens e mulheres com idade entre 18 completos e 65 anos 11 meses e 29 dias.
  • Peso: acima de 50 Kg.
  • Gozar de boa saúde.

Para doar sangue é preciso?

  • Documento: Ao apresentar-se para doação, o doador deverá apresentar documento de identificação com fotografia, emitido por órgão oficial;
  • Não ter tido Hepatite, Malária ou Doença de Chagas.
  • Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis, como Sífilis, Gonorréia, AIDS, etc.

Para proteger a sua saúde e a do paciente é importante:

  • Não ingerir bebidas alcoólicas nas últimas 24 horas antes da doação. Obedecer ao prazo de doação: 90 dias (três meses) para homens e 120 dias (quatro meses) para mulheres.
  • Não estar grávida ou amamentando.
  • Não estar fazendo uso de medicação ou tratamento médico.