Cerca de 16 empreendedores de Lagoa Seca, dentre artesãos e microempresários, assinaram o contrato de empréstimo do programa Empreender PB. O acesso ao programa foi orientado e supervisionado pela Sala do Empreendedor do município, que não existia e foi implantada na atual gestão.

Conforme o coordenador da Sala do Empreendedor em Lagoa Seca, Welbert Barros, o crédito recebido liberado representa avanços para a economia local. “Através desse crédito, os beneficiados terão a condição de comprar matéria prima e equipamento para alavancar seus negócios, terão capital de giro, o que facilita o crescimento dos negócios e o desenvolvimento do comércio e economia local”, frisou.

Os valores recebidos variaram conforme os projetos aprovados e o parcelamento para pagamento chega a 36 meses.

As inscrições para o Empreender PB foram realizadas através da internet e a divulgação dos prazos foi amplamente divulgada no município durante toda a Festa do Artesanato, corrida em agosto.

Além dos beneficiados de Lagoa Seca, o programa também beneficiou 1035 empreendedores de outros 50 municípios, um investimento de cerca de 6 milhões em linha de crédito.