A Prefeitura de Lagoa Seca realizou na manhã desta quinta-feira (27), uma Audiência Pública para debater junto à sociedade o orçamento público de 2019. A audiência aconteceu na Câmara de Vereadores, às 10h.

Na ocasião foram discutidas as metas para Lei Orçamentária Anual (LOA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Plano Plurianual (PPA), sendo aberta para a participação da comunidade.

A ação busca ouvir e compreender as demandas trazidas pela população, possibilitando uma gestão melhor que poderá utilizar de forma correta e adequada o recurso público recebido.

Na audiência, todos que estavam presentes tiveram a oportunidade de falar sobre suas necessidades, considerando as mais importantes e urgentes, nas áreas da assistência social, agricultura, infraestrutura, saúde, educação e cultura.

No momento foram levantadas propostas importantes por representantes das secretarias presentes. O secretário de saúde, Iran Barbosa, ressaltou a possibilidade da ampliação do hospital e da criação de novos UBSFs para imigração dos que pertencem a lugares locados. Logo em seguida, o diretor adjunto do departamento de esportes, Júlio Cesar, levantou questões como a reforma do ginásio de esportes, criação de praças esportivas e de saúde e de um novo estádio de futebol.

O secretário de agricultura, Moisés Júnior, que também esteve presente, trouxe como proposta o calçamento das principais ladeiras na zona rural e a criação de novos poços de águas, um serviço já feito no município na atual gestão. Os representantes da educação chamaram a atenção para novas formas de lazer educativas como passeios e brinquedotecas, além do aumento da frota de veículos.

Já os representantes da Assistência Social levantaram as seguintes propostas: aumento da frota de veículos e criações de casas abrigos. Por fim, os representantes da Infraestrutura ressaltaram mais obras de saneamento básico.

As propostas serão analisadas junto ao orçamento para próximo ano, de acordo com os recursos, visando o bem estar da população e a melhoria nos recursos públicos.