Dona Lindalva Gomes, tem 59 anos e é vizinha Eliane Barbosa e Eduardo Soares. Eles são moradores da Rua João Paulo II, no bairro Monte Alegre em Lagoa Seca. O que os três têm em comum? A expectativa diante da obra de substituição do calçamento na rua. A ação, que começou nesta quinta-feira (24), atende a um apelo dos moradores que reclamavam das frequentes fissuras na estrutura do calçamento, que causavam transtornos para pedestres e motoristas. Segundo a Secretaria de Infraestrutura, o trabalho levará cerca três semanas até ser concluído.

A dona de casa Lindava Gomes, que há 26 anos mora na comunidade, disse que a reforma do calçamento era um sonho de todos os moradores. Ela também relatou que nenhum prefeito do passado havia ‘olhado’ para o problema. “Estou feliz, pois sei que agora temos um prefeito que olhou para nós. Diante de tanto buraco na rua, sempre quisemos que algum gestor trabalhasse aqui. Finalmente, o prefeito Fábio Ramalho chegou e está fazendo algo”, disse.

Outra moradora que contou das dificuldades diante da rua pavimentada foi Eliane Barbosa. “Há muitos defeitos nessa minha rua. Para que tem carro, por exemplo, o problema se torna maior, pois pode até danificar o veículo. Mas o prefeito está nos ajudando. Estou feliz e agradeço a ele por tamanho trabalho”, contou Eliane.

Uma história que chama bastante atenção é a do jovem Eduardo Soares. O rapaz foi atingido com um tiro quando esperava o ônibus para ir ao trabalho. O fato aconteceu na primeira semana de dezembro, no ano passado. Eduardo acabou ficando paraplégico. Ele falou das dificuldades com a mobilidade quando vai fazer fisioterapia. “Quando vou fazer minha fisioterapia, tenho que ir numa maca, na ambulância. A dificuldade é a mobilidade que enfrento. Com a rua cheia de buracos, sinto tremer a maca e isso me deixa desconfortável. Fico no aguardo para que, diante da nova rua, eu possa pelo menos andar de cadeira de rodas numa rua adequada e confortável”, falou.

Confira os depoimentos em áudio e vídeo também disponibilizados no nosso canal no Youtube: