Diante da paralisação nacional que acontece nesta sexta-feira (22) contra a proposta de reforma da Previdência, a Prefeitura de Lagoa Seca irá suspender todos os serviços administrativos na cidade. Contudo, os atendimentos essenciais na área da saúde, como emergência urgência, continuam funcionando normalmente. O decreto foi aprovado pelo prefeito Fábio Ramalho.

A secretaria de Educação também suspendeu as aulas do município para esta sexta. As atividades voltam à normalidade na segunda (25).

A atualização cadastral para os beneficiários de algum programa social, que aconteceria nesta sexta na comunidade do Amaragi, também foi suspensa. Porém, na segunda, dia que a comunidade também estava no cronograma, a atualização continua sem alterações.