Depois de vários dias com atividades preventivas contra doenças e acidentes do trabalho, uma caminhada pelas principais ruas de Lagoa Seca encerrou a campanha Abril Verde, na manhã desta quarta (24). Com o lema “Quem trabalha seguro, não compromete o futuro”, funcionários da prefeitura também fizeram panfletagem no trânsito, alertando motoristas e demais pessoas na busca da prevenção no local de trabalho.

A programação criada pelo Serviço de Saúde e Segurança do Trabalhador (SESST), ligado à Secretaria de Saúde, buscou atender todos os colaboradores da prefeitura e a sociedade civil durante a campanha, que se estende até o final do mês, em todo o país.

Segundo dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), os acidentes graves acontecem com mais frequência com os trabalhadores de estruturas de alvenaria, trabalhadores da agropecuária em geral, operadores do comércio em lojas e mercados; trabalhadores nos serviços de coleta de resíduos, de limpeza e conservação de áreas públicas; e ajudantes de obras civis. As partes do corpo mais atingidas nos acidentes são as mãos (32,2%), os membros superiores (20,3%), os membros inferiores (20%), os pés (10,6%) e a cabeça (10,5%).

A técnica em Segurança do Trabalho, Lívian Farias, fez um balanço positivo da campanha. Segundo a organizadora, todas as secretarias e a população foram ‘atingidas’ com a mensagem do Abril Verde.

“Agricultores, comerciantes (…), todos trabalham. Sendo assim, estão acometidos à alguma doença ou acidente nas suas tarefas do trabalho. Por isso, temos que alertar sobre a importância da mensagem que a campanha traz às pessoas. Foi muito significante”, lembrou Lívian.

Ao final da caminhada, houve ainda uma ginástica laboral na Praça Matriz, que envolveu uma série de exercícios físicos onde tem o objetivo de melhorar a saúde dos trabalhadores e lesões por esforço repetitivo.