A partir de julho deste ano, agentes de saúde de Lagoa Seca vão começar a busca ativa na prevenção contra a peste bubônica. As orientações foram passadas em reunião que aconteceu nesta terça (28), na Secretaria de Saúde.

Os agentes acompanharam as instruções de como seriam os trabalhos, através do coordenador da campanha de peste bubônica do Estado da Paraíba, Onildo Gonçalves.

Mesmo com a formação do coordenador estadual, as visitas dos agentes às comunidades serão investidas especialmente pelo município.

De acordo com a secretaria, a busca ativa acontecerá até dezembro e tem uma missão de prevenir a população contra a peste. A doença é transmitida pela pulga do rato aos animais de estimação, como gato e cachorro.

A patologia também é conhecida como “Febre do Rato”. Na região, o grande perigo é que a doença volte através da infestação de ratos na zona rural ou ingestão de préas cozidos, iguaria apreciada por caçadores.

A ação acontece por meio da vigilância ambiental e agentes de saúde.