Uma história que vem superando preconceitos e cheia de sonhos futuros. Assim narraram João Guilherme Santiago, que tem síndrome de Down, e sua mãe Maria Bethânia Santiago, onde foram destaques no 1º Seminário em alusão ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, promovido pelas Secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde, na tarde desta quarta (25), no Convento Ipuarana.

O adolescente, que completará 19 anos mês que vem, relatou que ama futebol e que ser vereador de sua cidade para garantir melhorias às pessoas com algum tipo de deficiência. Ao lado da mãe Bethânia, os dois emocionaram o público ao contar os desafios e as conquistas que ambos têm passado.

“Meus parabéns à gestão municipal pela iniciativa do seminário em abrir portas para o tema de inclusão dos deficientes na sociedade”, comemorou a mãe.

O evento também serviu para capacitar os colaboradores das pastas diante do atendimento oferecido às pessoas com alguma deficiência.

O seminário foi composto por duas palestras, tendo a primeira ministrada pela psicóloga Bruna Milena, atuante no Instituto Joaquim Amorim Neto (IPESQ), onde falou sobre “Diagnóstico não é sentença. A necessidade de políticas públicas voltadas para o usuário e seu núcleo familiar”. De acordo com ela, é preciso ter um comportamento ético diante uma pessoa deficiente, abandonando preconceitos promovidos pela sociedade. A psicóloga ainda alertou sobre as consequências que a ausência de politicas públicas causam na vida desses indivíduos.

A segunda palestra foi realizada pela fisioterapeuta Ticiana Mara, do Centro Especializado em Reabilitação (CER), transmitindo seu aprendizado com o tema “A necessidade de intervenção precoce”, onde explicou a importância da estimulação precoce e como os profissionais têm a responsabilidade de orientar as famílias a buscarem atendimento oferecido gratuitamente pelo governo, auxiliando a inserção dessas pessoas nas escolas.

O Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência foi celebrado no último sábado, 21, em todo país.

Entrega das comendas às autoridades pela participação no I Seminário em alusão ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência

  • Cristiane Cavalcanti, secretária de Assistência Social, entregou a comenda de participação à Fabiana Correia, coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e representante da pasta no seminário.

  • Cristiane Cavalcanti, secretária de Assistência Social, entregou a comenda de participação à representante da Secretaria de Educação, Joelma Nascimento, coordenadora da Educação Inclusiva.

  • Moisés Ribeiro Júnior, chefe de gabinete institucional e representante do prefeito Fábio Ramalho no seminário, entregou a comenda de participação à Mônica Correia, coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e representante da Secretaria de Saúde no evento.

  • Cecita Jerônimo, coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), entregou a comenda de participação à Luciene Gouveia, represente das mães que têm algum filho com deficiência.

  • Célia Bonfim (Célia das Mulheres) entregou a comenda de participação ao prefeito Fábio Ramalho, representado pelo chefe de gabinete institucional, Moisés Ribeiro Júnior.