O Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA) da Secretaria de Assistência Social utilizou o plenário da Câmara de Vereadores para discutir o papel e garantir os direitos da mulher na sociedade.

A programação da audiência pública, que aconteceu na manhã desta sexta-feira (22), foi toda pensada e executada pelos adolescentes do Núcleo, que tem como mobilizadora Maria Lúcia. Autoridades municipais e representantes dos grupos escolares do município acompanharam os trabalhos no dia de hoje.

Um poema recitado por umas das integrantes do NUCA, a adolescente Ariana Lauriano, abriu oficialmente o evento. Em seguida, a batucada do grupo “Afro é Vida” sinalizou a presença da mulher negra na música. Um verdadeiro som de luta por igualdade e respeito.

Formada por maioria feminina, a mesa reuniu representantes dos educandários municipais, particulares e grupos de juventudes de Lagoa Seca. Com o título “Lugar de mulher é onde ela quiser”, a palestrante Karina Kelly – também do NUCA – lembrou os sofrimentos da mulher na civilização antiga e como o gênero vem ganhado espaço na sociedade.

Já na última parte da solenidade, os que compuseram a mesa debateram sobre o tema principal. Uma verdadeira aula sobre as garantias dos adolescentes e das mulheres no cenário político, social e esportivo rendeu aplausos e admiração do público. Ao final da audiência, um lanche foi servido aos convidados.