Na manhã desta terça-feira (20), a Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Lagoa Seca – PB apresentou, em audiência pública na Câmara de Vereadores, um relatório de ações realizadas nos últimos 100 dias de governo.

Segundo o relatório apresentado, já são mais de 1 mil carros pipas distribuídos no município que fazem parte do Programa Água Boa. Além de 600 horas trabalhadas em escavações, ampliações e limpeza de barreiros e barragens, atendendo 62 famílias.

Outro benefício com esse programa foi a aquisição de uma caixa d’água de 20 mil litros, localizada no Estádio Municipal O Titão.

Já o Programa Planta Lagoa Seca trouxe uma ação inédita: a aquisição de 1.400 kg semente criolas (feijão e milho) para serem distribuídas aos agricultores.

Os trabalhos de corte de terra foram intensificados a partir de um mutirão no período propenso à safra, com a locação de 6 tratores e a democratização no processo do PNAE (ampliamos a divulgação e as condições de participação dos agricultores). Somando um total de 728 horas trabalhadas com o serviço de corte de terra nos últimos 3 meses.

A secretaria continua com parcerias firmadas com a uepb, emepa e ongs para aquisição de mudas (frutíferas, exóticas) e segue com o planejamento para implantar um viveiro de mudas municipal.

Outros serviços continuam sendo realizados pela secretaria, como manutenção de estradas e pavimentação de três ladeiras na zona rural (Lagoa do Gravatá, Oiti e Amaragi).

Segundo o secretário de Agricultura, Nelson Anacleto, o objetivo da Secretaria é ajudar ainda mais os agricultores do município. “Estamos atingindo centenas de famílias nesse município para fortalecer a renda e a produção. E assim, melhorar as condições de vida”, enfatizou ele.

...
Skip to content