Quem conheceu a antiga estrutura física da Escola Municipal José Marques de Oliveira e a observa agora pode constatar o alto investimento desempenhado pelo governo municipal tocante à educação. Após um período de obra que resultou na reforma e ampliação do local, a nova escola do bairro Bela Vista está pronta e já é considerada, por muitos, modelo de unidade de ensino.

A Prefeitura de Lagoa Seca realizou na tarde deste sábado (17) um grande evento para entregar mais esse benefício – o qual promete garantir condições de bem-estar e aprendizagem de qualidade ao estudante lagoassequense.

A escola traz agora 610 m² de uma área totalmente planejada para atender aproximadamente 400 alunos do ensino fundamental, serviço que gerou aos cofres públicos da prefeitura o orçamento de R$ 540 mil. A pandemia de Covid-19 dificultou o andamento acelerado da obra, embora a gestão não deixou de concretizar um sonho antigo de moradores da região.

A José Marques de Oliveira conta com 8 salas de aula, Sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE), sala de informática e de vídeo, lugar para auditório e refeitório, brinquedoteca, almoxarifado, sala dos professores, ampla cozinha, além de depósito para merenda e pontos de acessibilidade, a exemplo de corrimão e rampas.

Para equipar a nova unidade, a Prefeitura modernizou o ambiente com materiais inteiramente novos – desde a parte associada ao pedagógico, comprando mesas, carteiras, armários e lousas de vidros, incluindo a obtenção de equipamentos como geladeira, freezer e fogão.

A prefeita Dalva Lucena comentou sobre a solenidade que marca oficialmente sua primeira obra enquanto chefe do governo. “Herdamos essa obra da gestão anterior, comprometidos em entregá-la da melhor maneira ao corpo de funcionários e crianças que aqui estudam. Hoje é uma data significativa […] Quero dizer que, sim, vamos continuar trabalhando em prol de todos”, comprometeu-se.

Já o secretário municipal de Educação, Iran Stênio Barbosa, disse que os avanços na educação municipal são possíveis devido também à administração da prefeita Dalva Lucena. “Temos tido uma mudança na rede física, com a revitalização das unidades existentes, melhorando o que nos é possível. Isso tem sido possível graças à atenção dada pela nossa prefeita”, salientou.

Também discursaram a diretora da Escola José Marques de Oliveira, Jardilene do Nascimento, a professora Gilsiane Cantalice, seguidas de Laise Silva (mãe de alunos) e Kauane dos Santos, 10 anos, matriculada na quarta série.

Muitos parlamentares também compareceram, como o presidente da Câmara Municipal, vereador Fabiano Ramalho. Servidores da prefeitura e um público acompanharam de perto a festividade. Uma das atrações foi a apresentação da Banda Fanfarra Ypuarana.

Ao final do evento, autoridades dirigiram-se à entrada do colégio para cortar a fita simbólica. Após isso, foi a vez do descerramento da placa, arrancando do público uma forte salva de palmas. Um lanche foi servido aos presentes.

Como tudo começou

O início da Escola José Marques de Oliveira começou no ano 1991, funcionando meramente num salão comunitário na região conhecida como Barragem, atendendo nos três turnos. As primeiras professoras foram Graça Pereira, Fátima dos Santos e Evangelina Rodrigues. A procura de pais querendo matricular alunos foi tão grande, que solicitaram a ampliação do local. Edvardo Herculano, prefeito de Lagoa Seca naquele momento, optou pela construção da escola.

No ano seguinte, nasce o grupo escolar José Marques de Oliveira – homenagem dada a um funcionário público do município, conhecido na cidade. No próximo dia 27 deste mês o calendário marca 33 anos da morte de José Marques.

...
Skip to content