Secretaria de Agricultura e Abastecimento e UEPB promovem minicurso na área de cunicultura para produtores rurais do município

Durante todo o dia da quinta-feira (27), aconteceu o minicurso sobre a importância da cunicultura para os aspectos econômico e culinário sob o trabalho dos produtores rurais do município. O minicurso foi promovido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento em parceria com a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), e aconteceu no campus da universidade, em Lagoa Seca.

As boas-vindas foram dadas pelos professores Alde Cleber e Luana de Fátima. O secretário de agricultura e abastecimento Moisés Júnior também saudou os presentes e ressaltou a importância do minicurso. Logo em seguida, a palestra de abertura “A importância socioeconômica da atividade cunícula” foi ministrada pela agropecuarista Juliana Oliveira.

Posteriormente, um café da manhã foi oferecido ao participantes. Os produtores ainda visitaram o setor cunícula da universidade, área de criação de coelhos. A segunda palestra da manhã foi conduzida pela profissional em agroindústria, Maria da Guia, cujo tema foi “Embutidos confeccionados a partir da carne de coelho, atividade alternativa visando fonte de renda.”

No minicurso, os participantes puderam conhecer o mercado da carne do coelho, bem como as alternativas que o animal pode gerar para a fonte de renda de muitos produtores rurais.

Os coelhos são animais de alta prolificidade, tendo de gestação de 30 dias em média e gerando por volta de oito filhotes por parto. Do animal, pode ser retirado a sua carne, peles, filhotes (animais de estimação), adubo orgânico entre outros. A carne do coelho apresenta um alto valor nutricional.

Até o fim da tarde, os produtores participaram da oficina prática na elaboração de embutidos a partir da carne de coelhos.

Mesmo após suspensão de convênio com Exército, Prefeitura de Lagoa Seca mantém abastecimento em cisternas

Mesmo com a suspensão da “Operação Pipa” do Governo Federal, capitaneada pelo Exército Brasileiro, a Prefeitura de Lagoa Seca vem mantendo o abastecimento em cisternas comunitárias e entidades municipais através de recursos próprios e parcerias com a Defesa Civil do Estado da Paraíba.
Com esta ação, aproximadamente 19 mil pessoas continuam a receber o reabastecimento de água principalmente na zona rural.
A Defesa Civil também confirmou que, a partir deste mês de julho, as comunidades ganharão mais dois carros-pipa para o complemento das ações. “Temos conseguido driblar a crise de forma eficiente e inteligente. Fazendo economias em outras áreas para garantir os serviços essenciais para aqueles que mais precisam” destacou Moisés Júnior, Secretário de Agricultura e Abastecimento.

Após 11 anos de espera, Prefeitura inicia reforma do Mercado do Produtor nesta segunda

O antes era apenas um sonho, a partir desta segunda-feira, começa a fazer parte da realidade dos mais de 50 produtores e comerciantes que atualmente utilizam-se do espaço do Mercado do Produtor de Lagoa Seca, que após 11 anos, começará a ser reformado nesta segunda-feira.
A obra deveria ter sido iniciada ainda a semana passada, mas atendendo um pedido dos próprios comerciantes, a gestão município programou os trabalhos da construtora para amanhã.
Desde o ano passado, o prefeito Fábio Ramalho estava preocupado com a situação do centro de comercialização que passou mais de uma década, sem receber investimentos significativos da Prefeitura de Lagoa Seca.
Serão realizados serviços nas partes elétrica e hidráulica, recuperação do teto, reativação dos sanitários, reformas nas áreas externas dos boxes, pintura completa e iluminação.
“Estamos muito felizes em realizar mais esse compromisso que assumimos com os produtores. O espaço estava precisando e muito de uma ação efetiva da prefeitura. A última reforma foi realizada em 2006, na gestão de Edvardo Herculano de Lima” frisou Fábio Ramalho.
O produtor Joildo da Silva trabalha há dois anos no mercado. Ele faz parte da coordenação do estabelecimento e revelou que todos estão entusiasmados com a reforma. “Os produtores receberam de forma positiva a reforma do mercado. Um dos problemas que deve ser resolvido são os banheiros que estão desativados, mas estamos otimistas que tudo vai dar certo”, disse.
Os trabalhos que começam nesta segunda-feira tem prazo de 120 dias pra ser concluída. O investimento é de quase R$ 79 mil.

 

Prefeitura intensifica construção de barreiros e barragens na zona rural

A Prefeitura de Lagoa Seca, através da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, retomou as atividades de construção e ampliação de barreiros e pequenas barragens na região rural do município. Do ano passado até agora, já foram feitos serviços em mais de 110 reservatórios e a meta estabelecida pelo prefeito Fábio Ramalho é chegar a 300 unidades até o final do ano.

O trabalho de recuperação dos reservatórios foi um compromisso assumido pelo atual gestor de Lagoa Seca ainda durante a campanha eleitoral de 2016 e vem sendo cumprido desde o início de seu governo.

Diferentemente como em gestões anteriores, agora, os agricultores não precisam pagar ou oferecer nenhum tipo de colaboração para o abastecimento das máquinas. “Nas gestões passadas, para ampliar um barreiro ou uma barragem, os agricultores tinham que abastecer a máquina da prefeitura. Enquanto eu for prefeito, já garanti que isso não vai acontecer. Não é justo, o homem do campo já sofre tando com a estiagem, ter que pagar para prefeitura fazer um serviço que é de sua responsabilidade” comentou Fábio.

Neste início de ano, as máquinas da Secretaria de Agricultura estão priorizando reservatórios na região Norte do município – também conhecida como região dos roçados – polarizada pelas comunidades de Almeida, Alvinho, Lagoa do Gravatá e Campinote, que possuem uma forte característica de produção na agricultura familiar.

Além do trabalho nos barreiros, a prefeitura também já iniciou a recuperação de toda malha de estradas e rodagens do município. O objetivo é concluir o trabalho até o início das aulas na rede municipal de ensino, que deve ocorrer após o Carnaval. “Tem sido desafiador o trabalho por conta da escassez de estrutura financeira, mas graças ao empenho do prefeito Fábio, temos conseguido bons resultados. O trabalho para beneficiar o homem do campo tem sido uma prioridade desta gestão” comentou o secretário de Agricultura, Moisés Júnior.

Secretaria de Agricultura realiza reunião sobre PRONAF

A Prefeitura de Lagoa Seca, através da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, realizou na manhã desta terça-feira (14), na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, uma reunião entre agricultores e representantes do Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

O encontro teve como objetivo, informar e alertar aos produtores rurais do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que procurem o BNB para regularizarem as dívidas com os benefícios da Lei 13.340.

Os agricultores foram orientados sobre o prazo, que segue até dezembro de 2017 para encerrar o período de concessão da Lei, sem prorrogação.

A Lei 13.340, permite descontos que chegam até 95% para liquidação e também para renegociação de dívidas pelo prazo de 10 anos. Para ter acesso a outros benefícios oferecidos pelo Governo Federal é importante que todos estejam em dia com o Pronaf.

Agricultores de Lagoa Seca tem até 1º de novembro para efetuarem inscrição no Garantia Safra; CONFIRA CALENDÁRIO

A Secretaria de Agricultura da prefeitura municipal de Lagoa Seca, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) realiza as inscrições do Garantia-Safra para agricultores familiares que vivem em uma região semiárida ou que sofrem pela perda sistemática da safra por motivo da seca ou excesso de chuvas.

O Garantia-Safra tem como beneficiários todos os agricultores que possuem renda familiar mensal, de no máximo 1,5 (Um e meio) salário mínimo e que plantam entre 0,6 e 5 hectares de feijão, milho, etc. Após a adesão no programa, eles passam a receber o benefício quando o município comprava a perda de, no mínimo, 50% de suas produções devido aos motivos citados acima.

O Agricultor que se encaixa nas recomendações, devem comparecer à um ponto de atendimento do programa do município, portando os seguintes documentos: Documentos da terra (Escritura da terra, ou Contrato de arrendamento/Parceria/Comodato); Documentos pessoais (CPF e RG do casal); Rendimento do imóvel no último ano agrícola; Grau de instrução do casal (até que série estudou); se fez empréstimo agrícola tipo PRONAF B.

Outras informações podem ser obtidas pelo (83) 3366-1372

Pontos de atendimentos do Garantia-Safra no município:
09/10 – Quicé: Grupo escolar, 08h.

10/10 – Retiro: Sede da Associação (Vero), 08h.

11/10 – Tabuleiro: Sede da Associação, 08h.

17/10 – Campinote: Salão de Dão, 08h.

18/10 – Pai Domingos I: Sede da Associação, 08h.

19/10 – Pai Domingos II: Salão de Ant. de Chica, 08h.

20/10 – Manguape: Casa de farinha, 08h.

24/10 – Almeida: Sede da Associação, 08h.

25/10 – Lagoa do Barro: Grupo escolar, 08h.

26/10 – Cana/Araticum: Grupo escolar, 08h.

27/10 – Oiti: Sede da Associação, 08h.

31/10 – Chã de Marinho: Grupo escolar, 08h.

01/11 – Gruta Funda: Residência de Cícera, 08h.

01/11 – Lagoa do Gravatá: Grupo escolar, 10h.

DIA D de vacinação anti-rábica acontece neste sábado em Lagoa Seca

As Secretarias de Agricultura e de Saúde Lagoa Seca realizam durante os próximos 15 dias, a campanha de vacinação contra raiva em animais. Neste ano, a meta é imunizar mais de 4 mil animais. Ao todo, estão sendo disponibilizados mais de 30 pontos de vacinação em todo o município.
As doses são distribuídas gratuitamente e buscam proteger o animal contra a doença, que chega a ser fatal em algumas situações. Além disso, a doença pode ser transmitida ao humano por meio de mordidas, arranhões, unhadas ou qualquer contato direto com animais infectados com o vírus. O objetivo da campanha é o controle da doença em todo município.
No momento da vacinação, se faz necessário o acompanhamento dos cães por corrente ou guia, conduzidos por um adulto. No caso dos gatos, é aconselhável que os mesmos sejam transportados em gaiolas ou transportadores. Logo após a vacina, o animal não deverá ser submetido a esforços físicos.
A campanha se iniciou na última segunda-feira (16) e irá até a próxima terça-feira, em localidades especificas do município. O dia “D” será realizado no próximo sábado, dia 21 de outubro, no Centro de Saúde Manoel Jácome de Moura, das 08:00hs às 12:00hs, e das 13:00hs às 17:00hs.
O cronograma atende todas as regiões do município e todo trabalho está sendo realizado em parceria entre os técnicos da Secretaria de Agricultura e Saúde, inclusive com o apoio dos Agentes Comunitários de Saúde.

Comando Militar do Nordeste inspeciona Operação Pipa na manhã desta quarta

A prefeitura Municipal de Lagoa Seca por meio da secretária de Agricultura recebeu na manhã desta quarta-feira (20), o Comando Militar do Nordeste do Exército Brasileiro para uma inspeção na Operação Pipa. A Operação Pipa é um projeto criado pelo Governo Federal e tem como objetivo levar água para o consumo humano nas áreas atingidas pela seca, e o Exército Brasileiro é responsável por fiscalizar esses serviços através de inspeções nos municípios, para verificar se o projeto está sendo realizado dentro das normas instituídas.
A inspeção feita na cidade contou com a presença do Coronel Vasconcelos, o Major Plínio e o Sargento Erlam, que inspecionaram 17 carros pipas e fiscalizaram as salas da operação e da defesa civil. Além disso, foram feitas inspeções nos pontos de abastecimentos na zona rural, onde não foram encontradas irregularidades.
Segundo a fiscalização, o município está dentro das normas exigidas pela a operação e atualmente conta com 71 pontos de abastecimentos no município, somando mais de 450 abastecimentos feitos nos últimos meses.