Prefeita Dalva participa de confraternização do Sindicato dos Trabalhadores Rurais

Na manhã desta segunda-feira (19), a prefeita Dalva Lucena participou da confraternização anual do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lagoa Seca.

O evento, que reúne agricultores familiares de várias regiões do município, serve como momento de comemoração paras as conquistas alcançadas durante o ano.

Além da prefeita, participaram do evento, o secretário de Agricultura e Abastecimento Nelson Anacleto, o deputado eleito Fábio Ramalho, o presidente da Câmara de Vereadores Fabiano Ramalho e várias lideranças sindicais da região.

BOA SAFRA: PMLS vai distribuir 5 toneladas de sementes crioulas com agricultores familiares

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Lagoa Seca está com o armazenamento de mais 5 toneladas de sementes crioulas para entrega aos agricultores no próximo ano, esse serviço faz parte do Programa Sementes Crioulas, livre de transgênicos e que foi implementado em 2017 no município, na gestão de Fábio Ramalho.

Só no ano passado foram entregues 2,4 toneladas de sementes para o plantio aos agricultores, que apesar do péssimo inverno, ao fim da colheita, o número de sementes quase triplicou. Ao todo são mais de 5 toneladas guardadas no reservatório para a entrega no início do inverno de 2023.

Todo o processo de armazenamento é feito de forma agroecológica, com aplicação de pimenta do reino, que impede o surgimento de pragas. Com a variação de sementes de milho e feijão.

Em uma parceria, a equipe técnica da secretaria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e ASPTA tem feito o trabalho de acompanhamento.

Vale lembrar que o preço pago às famílias agricultores, na compra de sementes, é acima do valor corrente no mercado, com até 20% a mais do valor de mercado, como forma de estimular e valorizar o produtor rural local.

O secretário da pasta, Nelson Anacleto destaca a felicidade em conseguir aumentar o estoque de sementes esse ano e na importância desse trabalho em conjunto com os agricultores. “Hoje temos uma variedade grande de milho e feijão no nosso armazém, que compramos das nossas famílias agricultoras. E esperamos que esse trabalho continue com essas parcerias, pois é um trabalho que serve de referência para outras cidades e outros estados”, falou ele.

Documento que elege prioridades na área da agricultura é apresentado na Câmara de Vereadores de Lagoa Seca

Na manhã desta terça-feira (13), na Câmara de Vereadores, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Lagoa Seca – PB reuniu agricultores, presidentes de sindicatos, vereadores, representante do Banco do Nordeste e da EMPAER, produtores rurais, a Prefeita Dalva Lucena e o Deputado Estadual eleito Fábio Ramalho para a entrega do documento produzido durante a 2ª Conferência Municipal de Agricultura Familiar que elege as prioridades para a área no município.

A versão inicial da Conferência aconteceu em março deste ano, e teve como tema: “Desafios e perspectivas da agricultura familiar do município de Lagoa Seca”.

Desde então a equipe da secretaria tem ido em reuniões com sindicalistas, agricultores e produtores rurais para juntos, elaborarem esse documento com todas as reivindicações e propostas que a classe acha importante ser levada em consideração pelas autoridades municipais. Após escutar todos os envolvidos e suas propostas, o documento foi finalizado e entregue na solenidade de hoje.

Na ocasião, o secretário da pasta, Nelson Anacleto, falou da importância em conversar com os trabalhadores rurais para escutar as suas necessidades e poder melhorar os serviços oferecidos de forma mais eficaz. “Nós traçamos os desafios que enfrentamos na agricultura familiar do nosso município, onde apontam várias dificuldades. E vendo isso, percebemos o quanto precisamos avançar para uma agricultura agroecológica, uma agricultura sustentável, um poder público que possa fortalecer essas políticas e canalizar o ciclo orçamentário e para as legislações que temos espaço para angariar recursos”, explicou.

A prefeita Dalva Lucena, após escutar e receber os documentos com as dificuldades existentes e propostas para solucioná-los, falou do dever que o município tem com todos os agricultores lagoassequenses. “É um prazer estar como gestora assumindo essa grande responsabilidade de ver a transformação que o nosso município está passando nesses últimos anos, o ex-prefeito Fábio Ramalho mudou muito, a maneira de administrar e conduzir o destino de Lagoa Seca, e cabe a mim continuar esse mesmo trabalho. Sei de todas as dificuldades que o município passa, mas continuarei tentando solucionar elas. E ver a agricultura evoluindo me deixa muito feliz, e queremos que isso continue, queremos melhores. Já temos projetos que pretendemos colocar em prática em breve, para beneficiar o homem e a mulher do campo. Juntos, vamos trabalhar para resolver todas as dificuldades existentes”, falou a prefeita.

Lagoa Seca sediará 1ª Festa da Colheita das Sementes da Paixão

O município de Lagoa Seca sediará a 1ª Festa da Colheita das Famílias Guardiãs das Sementes da Paixão da Borborema. O evento acontecerá na próxima semana, nos dias 23 e 24.

A festa tem o intuito de celebrar a boa colheita de 2022, mas também defender as políticas públicas que protegem e valorizam as sementes crioulas, chamadas na Paraíba de sementes da Paixão.

O primeiro dia terá a participação restrita das famílias guardiãs que integram a comissão de sementes do Polo da Borborema composta, principalmente, pelos sócios e sócias dos mais de 60 bancos de sementes comunitários espalhados pelos 13 municípios onde atua o Polo da Borborema. Haverá, ainda, a socialização dos dados do ano passado do monitoramento dos estoques das sementes em todos os bancos comunitários.

O segundo dia, a partir das 8h, está destinado para o público em geral. Na Praça João Jerônimo da Costa (Praça da Matriz) vai ser montada uma feira com 13 barracas para venda, troca ou doação de sementes da Paixão, além dos produtos da agricultura familiar.

A prefeita Dalva Lucena e o secretário de Agricultura e Abastecimento, Nelson Anacleto, confirmaram presença.

Além de colocar a cidade como anfitriã para receber toda estrutura da feira, a prefeitura vai dispor de transporte a algumas áreas da zona rural (especialmente para região do roçado), trio de forró para animar o público, bem como garantir toda infraestrutura e limpeza da praça.

A estimativa é que alunos da rede municipal de ensino de Lagoa Seca também visitem as barracas, na finalidade de aprender e vivenciar experiências no setor agrícola.

A 1ª Festa da Colheita das Famílias Guardiãs das Sementes da Paixão da Borborema tem o apoio da prefeitura de Lagoa Seca e das organizações de cooperação internacional que são parceiras da AS-PTA e do Polo: CCFD, ActionAid, Fundação Laudes e Misereor.

Assessoria de Comunicação/PMLS com AS-PTA

Na Câmara: Dalva anuncia aquisição de mais duas ambulâncias, carro-pipa e construção de muro de arrimo no bairro Monte Alegre

A prefeita Dalva Lucena participou, na noite desta terça-feira (2), da reabertura dos trabalhos legislativos para o segundo semestre da Câmara de Vereadores de Lagoa Seca.

Em seu discurso, a chefe do executivo municipal destacou as várias conquistas administrativas da cidade ao longo dos primeiros cem dias de seu governo. A fala dela ficou robusta com anúncio de pacote de ações destinadas às áreas da saúde, agricultura e infraestrutura.

As comunidades Vila Florestal e Floriano vão ganhar uma ambulância. Os veículos já chegaram, devem ser entregues em breve e prometem agilizar casos de pacientes que precisam se deslocar até outras instâncias em situações mais urgentes.

Se agora as chuvas estão sendo um alívio para o homem do campo – prova disso são os açudes cheios – o verão virá e com ele a incerteza da presença desse manancial. Sendo assim, mais um carro-pipa se somará ao reforço para atender futuros pedidos de quem precisa de água em casa.

Já na esfera da infraestrutura e, consequentemente, na segurança do munícipes, Dalva garantiu que vai licitar a obra de construção de um muro de arrimo no bairro Monte Alegre, por trás da Escola Municipal Irmão Damião.

Apesar das dificuldades e das limitações existentes no orçamento público, a prefeita afirmou que não medirá esforços e fará a empreitada, atendendo, portanto, um pedido antigo de quem reside na região.

A mandatária do município compartilhou com o público na Câmara o sentimento de viver desafios, incluindo a falta de recursos, embora seu desejo é continuar trabalhando para todos.

São muitos desafios, há sempre o que fazer. Em pouco mais de cem dias, fizemos aquilo que esteve ao nosso alcance. Com fé em Deus e com apoio de vocês [vereadores], vamos continuar dando a Lagoa Seca o status merecido”, disse Dalva, que ainda lembrou de seu compromisso com a classe dos servidores, pagando os vencimentos no mês trabalhado.

Fabiano Ramalho garantiu que andará em concordância com o Poder Executivo desde que este esteja em harmonia com os anseios da população. “Neste momento difícil que estamos vivendo, como bem frisou a prefeita Dalva Lucena, precisamos nos unir para buscar soluções que facilitem a vida daqueles que mais precisam e estaremos focados no bem-estar da população”, afirmou o presidente da Casa.

Participaram também do ato: secretários municipais, coordenadores e diretores de órgãos ligados à administração pública, convidados e demais membros da sociedade.

Após rompimento de barragem, Prefeitura de Lagoa Seca avalia estragos e ampara famílias atingidas

Uma barragem de médio porte localizada numa propriedade particular, na comunidade Oiti, zona rural de Lagoa Seca, se rompeu na madrugada desta sexta-feira (29).

Segundo a Defesa Civil, as principais causas do ocorrido foram as rachaduras e formigueiros existentes no local, além do acúmulo de chuvas que caíram recentemente na região. Apesar de não haver feridos, lavouras foram danificadas, pois as plantações foram inundadas.

Com o rompimento, a água levou mais duas barragens e atingiu três propriedades do entorno. Segundo moradores, o reservatório tinha capacidade de 20 metros de profundidade, e 100 metros de extensão.

A Defesa Civil já tinha sido acionada para realizar o serviço de alargamento da sangria nessa mesma barragem do sítio Oiti, mas nem isso foi suficiente para evitar o transbordamento.

Nas primeiras horas de hoje, a prefeitura começou o trabalho de socorro e assistência a quem vive no local. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento deslocou o maquinário para que fizesse a limpeza do material que restou e, como forma preventiva, ordenou a continuidade de abertura de outras sangrias de açude.

Já a Secretaria de Assistência Social encaminhou funcionários da pasta, inclusive assistentes sociais, para acompanhar as famílias e atender eventuais necessidades.

Dalva acompanha investimentos na comunidade Mineiro, zona rural de Lagoa Seca

A prefeita Dalva Lucena acompanhou de perto a grande obra que vem sendo executada na comunidade Mineiro, zona rural de Lagoa Seca. Dalva esteve nesta sexta-feira, 8, fiscalizando o andamento da pavimentação num determinado trecho da ladeira e, na mesma região, em outra área, vendo o maquinário operando no que diz respeito ao serviço de piçarramento – na finalidade de preparar a estrada e receber os paralelepípedos. O projeto foi iniciado pelo ex-prefeito Fábio Ramalho.

A iniciativa garante melhor infraestrutura à localidade, além de facilitar o deslocamento de moradores e ajudar no processo de escoamento da produção agrícola. Nestes primeiros dias de governo, a atual gestora da cidade tem se dedicado, de maneira especial, visitar e dar continuidade à agenda de trabalho deixado pelo parceiro de administração pública.

Agricultura abre programa “Planta, Lagoa Seca” para ano de 2022 com distribuição de sementes e serviço de corte de terra

Em uma solenidade que aconteceu na manhã desta quinta-feira, 3, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento abriu oficialmente o programa municipal “Planta, Lagoa Seca” para o exercício do ano de 2022.

O programa, que tem a missão de garantir a sustentabilidade da agricultura familiar, aumentando a biodiversidade e valorizando a identidade local e cultural da cidade, vai distribuir, somente neste ano, mais de 2 toneladas de “sementes da paixão” ou também intituladas de “crioulas” – grãos melhorados pelas mãos dos agricultores, sem modificação genética nem uso de agrotóxicos.

O quantitativo de sementes é resultado do primeiro ano de programa, em 2021. Parte dos produtos veio da compra efetuada pela prefeitura, além daqueles produtores rurais que optaram pela devolução espontânea dos insumos. O governo municipal investiu para esse período o montante de mais de R$ 12 mil, na finalidade de dar continuidade ao trabalho.

Contemplam a lista de sementes: feijão (preto, carioca e faveta), milho jaboatão entre outras variedades. O armazenamento foi efetuado em tambores de plástico devidamente vedados, utilizando-se da pimenta- do-reino como defensivo contra pragas.

Em sintonia a isso, técnicos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento expuseram um balanço do trabalho operado pela pasta no que diz respeito ao serviço de maquinários que fazem o corte de terra – demanda muito requisitada por quem vive na zona rural. Apesar dos desafios, a prefeitura conta com nove tratores (entre os que são próprios e alugados).

Dados da secretaria revelam que, em 2021, mais de 3 mil horas de corte de terra beneficiaram o total de 700 propriedades rurais de Lagoa Seca. A estimava é que essa tarefa seja cada vez mais frequente, contando com períodos grandes de chuva, auxiliando quem tira da agricultura seu sustento de vida.

Participaram do evento o prefeito Fábio Ramalho, a vice-prefeita Dalva Lucena, o secretário de Agricultura e Abastecimento, Nelson Anacleto, e demais autoridades municipais, a exemplo de vereadores do Poder Legislativo local, associações comunitárias e membros do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lagoa Seca.

Skip to content