Saúde divulga novos dados da vacinação contra covid em Lagoa Seca; 60% das pessoas estão com a 3ª dose

A Secretaria de Saúde atualizou, nesta segunda-feira (9), os dados da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Lagoa Seca. Números mais recentes apontam que ao menos 19.269 pessoas já tomaram a primeira dose de algum imunizante – isso representa 96,70% do público maior de 18 anos. Neste quantitativo estão as 700 doses da Janssen. Deste total, 16.307 completaram o esquema vacinal, ou 81,84% dos habitantes da cidade. Já os revacinados, ou seja, pessoas que receberam a terceira dose, somam 11.985, o mesmo que 60,15% dos lagoassequenses.

O grupo dos adolescentes também passou hoje por atualização. Até agora, 2.420 arregaçaram as mangas e tomaram a primeira parte do antídoto contra a covid, em Lagoa Seca. Em números percentuais, isso representa 55% do total esperado daqueles com idade entre 12 e 17 anos. 1.987 doses puderam ser aplicadas pela segunda vez nesta faixa etária, fazendo com que 45% estejam totalmente imunizados.

Por sua vez, os pequenos também compõem a tabela de vacinados no município. Ainda segundo a Saúde, 2.121 crianças, incluindo as que têm comorbidades, deficiências ou ainda aquelas cuja situação não se encaixam em nenhum dos dois quadros, tomaram a dose pediátrica contra o novo coronavírus. O balanço aponta, portanto, que 70% desse público-alvo já estão parcialmente mais seguros. Ao mesmo tempo, 1.242 meninos e meninas (41% da população) já estão com suas segundas doses em dia.

Secretaria de Saúde terá semana de ações para intensificar campanha de combate ao Aedes aegypti em Lagoa Seca

A Secretaria de Saúde de Lagoa Seca criou uma programação que intensifica a campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti. Para isso, uma série de ações e atividades vão ser desenvolvidas durante uma semana em Lagoa Seca, a fim de barrar a proliferação do agente transmissor responsável por várias doenças encontradas no ser humano, como a febre amarela, dengue, chikungunya e zika.

Inicialmente, apenas a região do Juracy Palhano será contemplada com esse trabalho de conscientização e prevenção ofertado pela prefeitura. A comunidade foi priorizada neste momento devido à descoberta de um grande número de focos da larva do mosquito, especialmente nas casas e em terrenos baldios. Além disso, o relato de moradores da área, que podem está com algumas doenças oriundas do mosquito, tem causado preocupação e acendido um alerta às autoridades de saúde da cidade.

Entre os destaques dos serviços destinados à população estão as visitas domiciliares e fiscalização de reservatórios d’água, aplicação de inseticidas em locais favoráveis à expansão do Aedes aegypti, passagem do carro “fumacê” e palestras educativas somadas à panfletagem nas ruas.

A campanha começa a partir desta segunda-feira (02) e segue até a sexta-feira (06), de maneira efusiva nas localidades do sítio Guabiraba (Rua Ezequias Trajano) e sítio Riachão, ambas localizadas na comunidade Juracy Palhano. A Secretaria de Saúde já garantiu que dependendo da situação epidemiológica, no que diz respeito aos casos suspeitos e confirmados de febre amarela, dengue, chikungunya e zika, vai abranger esporadicamente o trabalho preventivo a outras partes do município.

Confira a programação:

• Segunda-feira (02/05) e terça-feira (03/05): visitas domiciliares, panfletagem, inspeção e tratamento de áreas abertas e terrenos baldios no sítio Riachão;

• Quarta-feira (04/05): apresentação de palestras educativas (evento aberto ao público) e distribuição de peixes para reservatórios fixos d’água, na Rua Ezequias Trajano;

• Quinta-feira (05/05) e sexta-feira (06/05): visitas domiciliares, insperção de inseticida em locais críticos, panfletagem e passagem de carro “fumacê”, no sítio Riachão.

Lagoa Seca vacina 68% das crianças contra a Covid-19 em quase dois meses de campanha

A vacinação infantil contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos está bem próxima de completar, nesta semana, dois meses em Lagoa Seca. Segundo o mais novo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade registra 68% de cobertura neste público.

A estimativa, conforme o Ministério da Saúde, é que Lagoa Seca tenha 1.944 crianças nessa faixa etária. Ao todo, 1.929 primeiras doses (D1) pediátricas foram aplicadas em aproximadamente 60 dias.

Cristiane Cavalcanti, secretária municipal da Saúde, comemora a adesão da vacinação infantil e alertou para a importância da imunização. “Cada dose aplicada é motivo de alegria. Precisamos que a população lagoassequense continue se conscientizando da relevância e efetividade dos imunizantes no combate ao coronavírus, para que possamos vencer essa pandemia”.

O Brasil ultrapassa as 1.400 mortes de meninos e meninas de até 11 anos em decorrência do novo coronavírus e mais de 2.400 casos da Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) associada à covid, conjunto de sintomas graves que podem levar a óbito. Os dados são de janeiro deste ano e acumulados desde o começo pandemia.

De acordo com o último balanço atualizado na sexta-feira passada pela Secretaria de Saúde, Lagoa Seca já aplicou 19.261 doses contra a Covid-19 – neste quantitativo estão inclusas as 700 doses únicas da Janssen. Isso representa 96,66% de homens e mulheres a partir de 18 anos que já receberam ao menos uma dose. Deste total, 16.266 completaram o esquema vacinal, ou 81,64%. Os “revacinados”, ou seja, pessoas que tomaram a dose de reforço, totalizam 9.544 indivíduos, o equivalente a 46,90% dos habitantes.

Já o grupo com faixa etária entre 12 e 17 anos também está com um porcentual bem considerável quando o assunto é saúde e prevenção. Tanto é que 2.412 adolescentes receberam a primeira parte do antídoto, chegando a atingir 101% do público esperado. 1.914, por sua vez, já garantiram a segunda dose, elevando o índice para 80% dos que completaram o esquema vacinal.

Na abertura do ano legislativo, Fábio anuncia novas obras e ações em Lagoa Seca

Na noite desta terça-feira (22), o prefeito Fábio Ramalho participou da abertura do ano legislativo da Câmara de Vereadores de Lagoa Seca. O momento possibilitou que o gestor fizesse um balanço das ações de governo e anunciasse novos empenhos para o município.

Em um discurso de pouco mais de meia hora, Fábio começou suas palavras agradecendo ao parlamento municipal por sempre votar temas que são, segundo ele, de relevância à cidade. Entre as autoridades presentes na solenidade estiveram a vice-prefeita Dalva Lucena, secretários e coordenadores da prefeitura. A abertura do ano legislativo foi conduzida pelo presidente da Casa, vereador Fabiano Ramalho.

Em mais um início de período ordinário da Câmara, venho com alegria a esta Casa, pois foi aqui meus primeiros passos na vida pública. Por vezes, muitos podem até não entender como funciona o trabalho do Executivo, mas é aqui, neste local, a origem dos rumos, do crescimento esperado por Lagoa Seca”, afirmou o prefeito.

Em seguida, o mandatário recordou dos desafios encontrados por ele e sua equipe desde quando começou seu primeiro mandato, em 2017. De acordo com ele, muita coisa avançou e a cidade tem agora “nova cara”. Melhorias na saúde, como a ampliação e melhor atendimento no Hospital Geral Municipal Ana Maria Coutinho Ramalho, e a criação de políticas públicas na área da Assistência Social, a exemplo de programas como o Cheque Cidadão e o Mesa Farta, foram os destaques dados pelo gestor na tribuna.

Mas Fábio não ficou apenas na prestação de contas. O chefe do executivo municipal anunciou novas ações ao menos em três novas pastas do governo: Saúde, Agricultura e Infraestrutura.

Novas ambulâncias e mais uma unidade de saúde

Dentre as novidades trazidas pelo prefeito Fábio Ramalho durante a abertura do ano legislativo da Câmara, o político anunciou a aquisição de mais duas novas ambulâncias para comunidades da zona rural de Lagoa Seca: Vila Florestal e Floriano, especificamente. Ainda nessa pauta, a construção de uma grande unidade de saúde também compõe o pacote de presentes que a prefeitura dará à população.

Garantia de mais maquinários e valorização das associações rurais

Outro setor que ganhou destaque diante do que virá pela frente foi a área da agricultura, também valorizada pelo comando de Fábio. Segundo anunciou o prefeito, Lagoa Seca vai receber, em breve, mais uma máquina patrol e retroescavadeira, na finalidade de abranger demandas oriundas do homem do campo. Além disso, associações rurais vão ser beneficiadas com a contribuição de um salário mínimo, visando custear serviços gerados por elas. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento vai montar a parte logística do implemento, bem como seus critérios para futuros beneficiados. Outras informações vão ser divulgadas logo mais pela prefeitura.

Avanço de pavimentações na zona rural

A infraestrutura também marcou presença no pacote de obras que vão ser executadas pela prefeitura, só que nesse caso, na zona rural. As regiões da Chã do Marinho, Quicé e Vila Florestal foram ditas como aquelas que ganharão, mais uma vez, obra de pavimentação com paralelepípedos, seja em suas ruas ou ladeiras. Em março, uma ordem de serviço será assinada pelo prefeito, a fim de começar o processo que visa melhorar a mobilidade de pessoas e veículos nesses locais.

Nossa cidade pode ter certeza que, apesar das limitações enfrentadas por cada um de nós, com fé em Deus e muito trabalho, haja vista nossas viagens a Brasília/DF, angariando recursos, queremos valorizar o lagoassequense, ofertando dignidade e qualidade de vida, de modo que isso chegue a quem mais precisa”, finalizou o prefeito Fábio Ramalho.

Lagoa Seca tem quase 8 mil pessoas vacinadas com 3ª dose contra Covid-19

O número de pessoas que já receberam ao menos uma dose contra a Covid-19, em Lagoa Seca, totaliza 19.241, o equivalente a 96,56% da população acima de 18 anos – a soma inclui as 700 doses únicas da Janssen.

Com duas doses, são 16.230 habitantes da cidade, ou 81,46% do total. Os dados foram atualizados até esta segunda-feira (21) e são oriundos da Secretaria Municipal de Saúde.

Ao todo, 7.963 pessoas foram imunizadas com terceira dose, representando 39,96% dos aptos a se vacinar. Podem obter o reforço lagoassequenses que tomaram a segunda dose há cerca de quatro meses. Semanalmente, a Secretaria de Saúde oferta, na Policlínica Manoel Jácome, a terceira dose para quem está dentro do prazo ou retardatários.

Ainda de acordo com a pasta, 2.382 adolescentes já arregaçaram as mangas e receberam ao menos uma dose do imunizante contra o novo coronavírus. O grupo com faixa etária de 12 a 17 anos reúne 100% de vacinados. Deste quantitativo, 1.819 já completaram o esquema vacinal – ou 76% dessa faixa etária.

1.247 crianças, com idade entre 5 e 11 anos, com e sem doenças preexistentes, além daquelas que apresentam alguma deficiência, entraram na lista de imunização e tomaram a primeira dose da vacina contra covid, resultando em 44% do público-alvo.

Saúde divulga novo calendário de vacinação contra Covid-19 para esta semana; confira

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o mais novo calendário de vacinação contra a Covid-19 para esta semana em Lagoa Seca. O cronograma reúne dias com oportunidades para retardatários, que ainda não tomaram a 1ª dose, além daqueles que faltam completar o esquema vacinal ou receber a dose de reforço.

No caso da imunização em crianças, a pasta segue atuando para que a vacina chegue o mais rápido possível nos braços desse público. Entre as principais recomendações a pais e responsáveis, é que seja apresentado o laudo médico (no caso dos menores que têm comorbidades), e se os genitores não podem acompanhar a criança, um termo de autorização deverá ser levado pelo responsável. O documento está disponível nas unidades de saúde e na Policlínica Manoel Jácome.

A pandemia do novo coronavírus já infectou, só em Lagoa Seca, quase 3 mil pessoas e tirou a vida de 41. Os números são do último boletim epidemiológico da doença, atualizado na sexta-feira pela Secretaria de Saúde.

Confira o cronograma de imunização contra covid, em Lagoa Seca, para esta semana

• Segunda-feira (21/02): D1 para retardatários acima de 18 anos/ D2 da CoronaVac/Butantan para quem tomou a primeira dose em janeiro – Local: Policlínica Manoel Jácome, das 8h às 12h;

• Terça-feira (22/02): D1 para crianças de 5 a 11 anos (com comorbidades e deficiência)/ D1 para crianças de 6 a 11 sem doenças preexistentes – Local: Policlínica Manoel Jácome, das 8h às 15h;

• Quarta-feira (23/03): dose de reforço para quem tomou a segunda dose nos dias 19/10, além de datas anteriores, desde que tenha completado quatro meses da D2/ Segunda dose da AstraZeneca para retardatários/ Dose de reforço para quem tomou a vacina da Janssen – Local: Policlínica Manoel Jácome, das 8h às 12h;

• Quinta-feira (24/02): Segunda dose para adolescentes 12 a 17 anos (retardatários)/ Primeira dose para adolescentes/ Segunda dose da Pfizer para pessoas com faixa etária maior de 18 anos – Local: Policlínica Manoel Jácome, das 8h às 12h;

• Sexta-feira (25/02): não haverá campanha de vacinação.

Secretaria de Saúde de Lagoa Seca informa calendário de vacinação contra Covid-19 desta semana

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o mais novo calendário de vacinação contra Covid-19 desta semana em Lagoa Seca. O processo de imunização inclui desde aqueles que não tomaram sua primeira dose até o público infantil com e sem doenças preexistentes. A Policlínica Manoel Jácome segue sendo o maior ponto de aplicação das doses, com horário de atendimento das 8h às 12h.

As treze unidades de saúde espalhadas pelo município vão estar também vacinando. Mas cada posto médico tem seu cronograma já estabelecido.

Ganhando destaque pelo trabalho na área de saúde pública, Lagoa Seca continua ofertando a vacinação sem a necessidade de agendamento prévio – agilizando o desenvolvimento da campanha – nem registrando longas filas ou falta de insumos.

A prefeitura lembra que, desde outubro de 2021, está valendo em toda Paraíba o passaporte da vacina. O documento é exigido em bares, restaurantes, casas de shows e demais estabelecimentos comerciais, medida com finalidade de controlar o avanço do novo coronavírus. Na semana passada, os Ministérios Públicos da Paraíba (MPPB), Federal (MPF) e do Trabalho (MPT) recomendaram o comprovante de vacinação contra a Covid-19 nas escolas de todo estado. A exigência vale para alunos e professores.

Confira o novo cronograma de vacinação desta semana em Lagoa Seca

• Segunda-feira (31/01): D1 para retardatários acima de 18 anos; D2 Oxford/AstraZeneca para retardatários; e D2 CoronaVac (Butantan) para retardatários e quem tomou a primeira dose no mês de dezembro;

• Terça-feira (01/02): dose de reforço para pessoas que tomaram a segunda dose entre os dias 01 e 06/10 (incluindo datas anteriores) e D2 da Pfizer para retardatários;

• Quarta-feira (02/02): D1 para adolescentes de 12 a 17 anos; e D2 para os que receberam a primeira dose entre os dias 02 a 07/12;

• Quinta-feira (03/02): D1 para crianças de 5 a 11 anos (com comorbidades e/ou algum tipo de deficiência); D1 para crianças (10 a 11
anos sem comorbidades);

• Sexta-feira (04/02): dose de reforço para quem recebeu a dose única da Janssen.

Covid-19: primeira criança vacinada em Lagoa Seca é menino de 10 anos com Síndrome de Down

O município de Lagoa Seca iniciou, na tarde desta terça-feira (18), a vacinação contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos, que têm doenças preexistentes (comorbidades) ou alguma deficiência. A primeira criança a receber a dose do imunizante na cidade foi Petrus de Almeida Silva, de 10 anos. O menino tem Síndrome de Down e mora no bairro Anacleto.

O momento marcou o início da vacinação no município e aconteceu na Policlínica Manoel Jácome. O evento foi organizado pela Secretaria de Saúde, pasta que recebeu, nesta semana, o primeiro lote com 160 doses da vacina pediátrica da Pfizer.

O prefeito Fábio Ramalho e a secretária municipal de Saúde, Cristiane Cavalcanti, também estiveram presentes no ato.

Durante a vacinação, Petrus ficou sentado no colo da mãe Estefane de Almeida. Eles chegaram na Policlínica por volta das 12h50. Após receber a dose do imunizante, o garoto ganhou um ‘certificado de coragem’ e guloseimas.

“Ver nosso filho vacinado é algo satisfatório. Diante de uma pandemia como essa, a vacinação é muito necessária; estou feliz e agradecida”, falou Estefane.

Petrus, de 10 anos, é a primeira criança vacinada contra Covid-19 em Lagoa Seca nesta terça-feira; ele está ao lado da mãe e da coordenadora de imunização do município, Irilene Barbosa (Imagem:DECOM/PMLS)

A Secretaria de Saúde informou que a sexta-feira (21) será de mais um dia de imunização para as crianças inseridas no atual público-alvo. O local de vacinação será, também, na Policlínica Manoel Jácome, no horário de atendimento das 8h às 12h. Para isso, os pais devem apresentar na hora o cartão do SUS ou CPF da criança, bem como um laudo médico que comprove sua condição clínica.

Caso os genitores não possam acompanhar a criança, um termo de responsabilidade deverá ser assinado pelos pais e apresentado pela pessoa que acompanhará o menor. O documento está disponível nas unidades de saúde de Lagoa Seca.

A estimativa, só em Lagoa Seca, segundo a pasta, é que aproximadamente 3 mil crianças compareçam aos postos indicados pela prefeitura para receber o antídoto contra o novo coronavírus.

...
Skip to content