Dannyllo Demétrio se licencia do Conselho Tutelar e assume Departamento de Esportes de Lagoa Seca

O conselheiro tutelar Dannyllo Demétrio Cabral se licenciou do cargo para assumir a coordenação do Departamento de Esportes vinculado à Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer de Lagoa Seca. No lugar dele, o suplente e estudante de Direito, Renan Ferreira, é quem ocupará a vaga.

As restrições impostas pela pandemia, entre elas a não realização de atividades esportivas, e a pensada escolha do governo em eleger um nome ideal para dirigir o departamento fizeram com que o setor ficasse sem chefia desde janeiro – quando o prefeito Fábio Ramalho assumiu a prefeitura pela segunda vez. No primeiro mandato do gestor, o coordenador foi o atual vereador Júlio César Barbosa Andrade (Juninho do Carecão).

Aos 34 anos e quase uma década atuando em defesa dos direitos da criança e do adolescente, Dannylo diz acreditar que sua nomeação ao novo trabalho se deve à boa relação que ele mantém até hoje com os desportistas da cidade. “Quando o prefeito me procurou no fim do ano passado para integrar seu governo e mergulhar nessa nova missão, ele [Fábio] depositou em mim uma credibilidade, pois conhece minha boa relação e interação com os desportistas, uma afinidade que cultivo até hoje”. E completou “Estou pronto e muito feliz com o convite”.

Dannyllo passará a dar expediente na Secretaria de Cultura, onde terá uma sala e muito trabalho pela frente. Segundo ele, reunir-se com as variadas categorias esportivas da região, traçar metas e executa-las dentro do possível há de ser sua prioridade inicial.

O coordenador também destacou que pretende recorrer à “sensibilidade do prefeito Fábio e do secretário Beto”, para que a prefeitura invista e construa novas praças poliesportivas com academias populares. Em sua avaliação, obras como estas geram “lazer e qualidade de vida aos lagoassequenses.”

Outro ideal almejado pelo conselheiro tutelar agora licenciado é pôr em prática políticas públicas das quais fomentem a inclusão dos jovens no esporte, seja qual for – público que Dannyllo sempre trabalhou por intermédio do Conselho Tutelar.

No Conselho Tutelar, eu orientava o jovem, por vezes em vulnerabilidade social, a procurar os serviços da prefeitura ligados ao esporte, visando que ele se ocupasse em algo e não adentrasse o mundo das drogas, como a gente sabe que é bem mais fácil. Agora, serei eu esse próprio serviço, estando perto dos grupos sociais, despertando sonhos e gente talentosa”, almeja.

Paixão e carreira vinculada desde cedo ao esporte em Lagoa Seca

Ainda criança, Dannyllo Cabral acompanhava o pai e o via jogar nas competições da época existentes em Lagoa Seca. Nascia aí uma de suas paixões: o futebol.

Torcedor fiel do Leão do Morro, o time lhe fez goleiro e proporcionou grandes vitórias inesquecíveis, como a de 2012, quando venceu o São Paulo por 2 a 0. Mas o atleta foi além e marcou presença no Santa Cruz do Quicé, Fluminense do Oiti e Juventude do Campo do Bahia, por exemplo, isso sem contar as agremiações, a exemplo do Sol Nascente, União, além do Racha da Amizade.

Mas não só foi o futebol que já lhe rendeu boas histórias, modalidades como jiu-jitsu e handebol compõem sua lista de habilidades no universo esportivo.

Indagado sobre como vê suas qualidades, Dannyllo se conceitua como um “cara tranquilo” e que não otimiza os problemas, mas sim, trata de soluciona-los – características que o fazem apto a erguer projetos diante de sua nova jornada.


Cadastro de famílias para receber alimentos prontos começa nesta terça-feira (20) em Lagoa Seca; confira cronograma da semana

A Secretaria de Assistência Social começará nesta terça-feira (20) a cadastrar famílias de Lagoa Seca para receber os alimentos prontos, mais conhecido popularmente como “sopão”. O projeto foi anunciado semana passada pelo prefeito Fábio Ramalho em uma entrevista concedida ao Blog do Márcio Rangel.

De início, regiões da Vila Florestal e Vila Ipuarana serão as primeiras beneficiadas desta semana. A expectativa, segundo a Secretaria de Assistência Social, é que aproximadamente 350 famílias juntando ambos setores recebam os alimentos prontos neste primeiro calendário do projeto.

Será preciso que o representante da família apresente como documentação RG, CPF, comprovante de residência e o Número de Identificação Social (NIS). Sobre a quantidade de litros de sopa para cada lar, a secretaria disse que isso dependerá da composição de integrantes da residência. O horário de cadastramento será das 8h às 13h.

Cada família vai ganhar o seu próprio recipiente, o que facilita o controle na hora de distruibuição dos alimentos. A entrega acontece no dia 4 de maio, às 16h, na própria comunidade, e será pelo menos uma vez por semana.

Lista de comunidades e locais de cadastro desta semana

•Terça-feira (20/04) e quinta-feira (22/04): Escola São Sebastião, Vila Florestal;

•Sexta-feira (23/04): Vila Ipuarana, cadastro será feito na área externa de cada residência.

Para a próxima semana, Chã do Marinho e Vila Esperança são as comunidades da vez. Mas a prefeitura divulgará ainda, em suas redes sociais, o local e horário de recebimento dos alimentos prontos.

Programa Mesa Farta

O programa municipal Mesa Farta tem a missão de combater a subnutrição e a fome, oferecendo uma alimentação de qualidade, no intuito de proporcionar melhores condições de vida e saúde para a sociedade que será atendida.

Devido ao elevado número de moradores que encontram-se em situação de vulnerabilidade social, maioria formada por famílias de baixa renda, o projeto Mesa Farta pretende amenizar as condições difíceis vividas pelos lagoassequenses em tempos de pandemia de covid-19.

Prefeitura de Lagoa Seca abre consulta popular da LDO para orçamento de 2022

A Prefeitura de Lagoa Seca abriu uma consulta pública para que os munícipes possam sugerir quais são as áreas prioritárias de investimentos que integrarão o processo de elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que visa estabelecer as metas e prioridades da administração para o exercício de 2022.

O formulário virtual está disponível no site da prefeitura. Dentro da consulta pública, a população lagoassequense também pode realizar outras sugestões para serem implementadas na administração da cidade.

O questionário é simples e solicita o preenchimento de dados pessoais, além de perguntar quais seguimentos e áreas de atuação de cada secretaria poderiam ser melhorados.

Prefeito Fábio anuncia programa de distribuição de alimentos prontos para atender até 1.500 pessoas e ampliação de 100% do Cheque Cidadão em Lagoa Seca

A criação de um programa de distribuição de alimentos prontos e a ampliação do número de famílias beneficiadas pelo Cheque Cidadão – projeto de transferência de renda que desde 2019 distribui recursos financeiros com famílias carentes de Lagoa Seca – foram as novidades anunciadas ontem à noite pelo prefeito Fábio Ramalho durante sua entrevista concedida ao Blog do Márcio Rangel.

Na ocasião, Fábio fez um balanço dos 100 primeiros dias de sua segunda gestão frente à prefeitura de Lagoa Seca e aproveitou o ensejo para comunicar as novas ações para área social no município.

Já no dia 02 de maio, vamos executar um programa de distribuição de alimentos prontos. Pretendemos iniciar em comunidades rurais, como Vila Florestal, Vila Ipuarana, Vila Esperanca, Chã do Marinho e outras localidades carentes. Nosso ideal é expandir também essa ação para outras regiões”, comentou o prefeito, que garantiu beneficiar com a iniciativa, somente nesta primeira fase, até 1.500 pessoas em situação de vulnerabilidade social.

A Secretaria de Assistência Social, pasta encarregada por administrar a logística de distribuição, informou que ainda hoje trará mais informações acerca do cadastro e entrega do sopão.

Outro ponto frisado pelo chefe do executivo municipal na entrevista foi sobre o aumento de cerca de 100%, em dois meses, da quantidade de famílias contempladas pelo Cheque Cidadão. Até fevereiro deste ano, 100 lares faziam parte da lista de beneficiários; no mês passado, o total subiu para 150. No próximo mês, conforme garantiu o prefeito, serão 200 famílias participando do programa. Além disso, Fábio Ramalho confirmou o repasse de mais 1.200 cestas básicas nos próximos dias, visando ajudar ainda mais os lagoassequenses impactados pela pandemia de covid-19.

Fábio Ramalho anuncia novo decreto e deixa mais rígidas medidas de combate à Covid-19 em Lagoa Seca; bares e restaurantes só poderão atender presencialmente até 16h e casas de shows e áreas de lazer ficarão fechadas

O anúncio foi feito na noite desta quinta-feira, 11, através das redes sociais. O prefeito de Lagoa Seca deixou mais rígidas as medidas de combate ao novo coronavírus no decreto, que já entra em vigor nesta sexta-feira, dia 12 de março.

VEJA:

  • Bares, restaurantes, lanchonetes, quiosques e espetinhos: atendimento presencial respeitando 30% da capacidade do estabelecimento e de segunda a sexta até as 19h; sábados e domingos até as 16h; após esse horários apenas delivery e retirada com limite máximo de seguir até as 21h;
  • Igrejas: funcionamento normal obedecendo limite máximo de 30% da capacidade;
  • Lojas do comércio geral: funcionamento normal, respeitando 30% da capacidade;
  • Academias de ginástica: funcionamento até as 21h;
  • Casamentos: apenas os que já estão agendados para esta semana, com capacidade máxima de 70 pessoas; os próximos agendamentos estão suspensos;
  • Outros eventos: todos suspensos.
  • Apresentações musicais e shows: totalmente suspensos, incluindo casas de shows, áreas de lazer, piscinas e similares que não poderão funcionar;
  • Campos e quadras de futebol: atividades suspensas em 100% em todo município. Os clubes e/ou rachas que descumprirem será arbitrada a multa de R$ 3 mil para o clube e mais R$ 100 por cada jogador.
  • Aulas particulares: continuam no sistema híbrido (30% presencial + 70% remotas);
  • Aulas na rede pública: continuam 100% remotas;

MULTAS:

  • Estabelecimentos que descumprirem as normas serão multados inicialmente em R$ 5 mil. Em casos de reincidência, o valor pode dobrar e o local interditado. O proprietário também pode ter o alvará cassado e responderá por crime contra a saúde pública.
  • Cada pessoa flagrada sem máscaras no comércio também será multada.

VALIDADE: o decreto vale até o dia 26/03/2021.

Prefeito Fábio Ramalho se reúne com líderes religiosos, representantes do comércio local e anuncia novo decreto com restrições sanitárias no enfrentamento à Covid-19 em Lagoa Seca

O prefeito Fábio Ramalho se reuniu, nesta quarta-feira (10), na Câmara de Vereadores, com lideranças religiosas e representantes do comércio local para anunciar o novo decreto contendo restrições sanitárias no enfrentamento à Covid-19 em Lagoa Seca.

Com previsão de ser lançado nesta sexta-feira (12) e já começar a entrar em vigor no sábado (13), o decreto, entre outros direcionamentos, vai restringir o horário de funcionamento do comércio em geral até as 21h, de segunda a sexta, e até as 22h, nos finais de semana.

Não cumprindo as novas medidas sanitárias, que se configuram mais rígidas pelo agravamento da pandemia, estabelecimentos comerciais serão penalizados com termos de infração, isto é, poderão ser multados de forma efetiva no não cumprimento das recomendações impostas pelo município.

De antemão, ficou decido, também, que casas de eventos só vão poder acolher 70 pessoas entre convidados e organizadores e levando em consideração os protocolos de combate à proliferação do novo coronavírus. Clubes aquáticos, a exemplo das piscinas, por sua vez, deverão ficar fechados.

Outra novidade lançada será a criação de um Disque Denúncia, que ficará sob controle da Vigilância Sanitária municipal. O objetivo é criar um canal de comunicação entre o órgão e a população, visando a denúncia de aglomerações e festas clandestinas, ocorridas principalmente na zona rural de Lagoa Seca.

No caso das igrejas e templos religiosos, permanece mantida a permissão para a realização de missas, cultos e demais cerimônias nas sedes das igrejas e templos, desde que haja ocupação máxima de 30% da capacidade de lotação e distanciamento entre os fieis de 1,5 metros. O horário das celebrações para este seguimento também é até as 21h, de segunda a sexta, e até as 22h, nos finais de semana.

A Secretaria de Saúde informou que o decreto terá validade de 15 dias, podendo ser prorrogado. Quando for publicado na sexta-feira, todos os detalhes deste documento serão publicados nas redes sociais e no portal institucional da prefeitura.

Na tribuna da Câmara, Fábio anuncia chegada de gerador para hospital e promete expandir Cheque Cidadão para mais famílias carentes de Lagoa Seca

Em sua passagem pela Câmara nesta terça-feira (23) onde discursou na solenidade que dava início ao ano legislativo da Casa de Napoleão Coutinho, o prefeito Fábio Ramalho elencou algumas ações de governo que pretende executar logo mais em Lagoa Seca.

De início, o chefe do executivo municipal anunciou a chegada de um gerador de energia, nesta terça-feira, destinado ao Hospital Geral Municipal Ana Maria Coutinho Ramalho. O equipamento vai possibilitar o retorno do funcionamento do centro cirúrgico do hospital, que é destaque em realizar pequenas e médias cirurgias para os lagoassequenses, além de atender, ainda, pessoas vindas de cidades circunvizinhas.

O gerador a diesel será usado para satisfazer as demandas sem impedir o andamento das operações e garantir o fornecimento de energia confiável e segura. De acordo com a diretora da unidade, Joedna Silva, esse é o primeiro gerador que o hospital de Lagoa Seca está recebendo depois de 30 anos de existência, uma conquista, segundo ela, que só aconteceu graças ao trabalho do prefeito Fábio.

Outra novidade contida na agenda de trabalho do prefeito é a de que no mês seguinte será expandido o auxílio municipal Cheque Cidadão. O gestor informou que vai beneficiar, em 50% a mais, o número de famílias propensas a receberem o dinheiro – entregue mensalmente e com a finalidade de gerar desenvolvimento da cidadania e a inclusão social da família em situação de pobreza, para a garantia mínima de segurança alimentar e nutricional.

Mas não parou por aí. Em sua fala, Fábio voltou a garantir que sua segunda gestão vai deixar totalmente pavimentada, neste ano, o restante das ruas em diversos bairros da cidade. Neste sentido, afirmou também que mais dez ladeiras da zona rural serão contempladas com o projeto de calçamento, ofertando infraestrutura e saneamento básico aos munícipes – isso sem contar as quatro ladeiras dos sítios já pavimentadas ou em andamento.

Recentemente, conforme comunicou Fábio, a prefeitura assinou dois contratos com a Caixa Econômica Federal, um para viabilizar a quantia de quase R$ 300 mil injetados em futuras pavimentações asfálticas no Centro de Lagoa Seca, e outro no montante de R$ 500 mil em direção à Vila Florestal, só que com pavimentações em paralelepípedos. Por enquanto, ainda está sendo estudado quais localidades farão parte deste projeto e quando essas obras começarão.

A comunidade da Chã do Marinho, por sua vez, também foi citada pelo prefeito. A expectativa é que a região ganhe a pavimentação de mais cinco ruas, só que no segundo semestre deste ano.

Prefeitura e Energisa realizam ações para beneficiar população de Lagoa Seca

Acontece, nos dias 28 e 29 de janeiro, o projeto “Nossa Energia” em Lagoa Seca. A ação envolve a prefeitura municipal e a companhia elétrica Energisa. Na unidade móvel que estará localizada na Rua José Jerônimo da Costa, próxima à praça da Matriz, a população poderá trocar as lâmpadas ineficientes por lâmpadas de LED e realizar o cadastro na Tarifa Social da Energisa.

O projeto já vem sendo desenvolvido há algum tempo na cidade e ganhou total apoio do prefeito Fábio Ramalho desde sua primeira gestão. A iniciativa quer levar às pessoas o uso racional e eficiente de energia elétrica.

No caminhão, os consumidores poderão realizar a troca de até cinco lâmpadas (incandescentes e fluorescentes compactas) por unidades de LED, a qual tem maior vantagem por ser mais econômica. Os interessados deverão apresentar os seguintes documentos: Identidade, CPF e última conta de energia (não precisa está em nome da pessoa).

Já para os que querem se cadastrar na Tarifa Social da Energia Elétrica (TSEE) – voltado especialmente aos consumidores de baixa renda – será preciso munir os seguintes documentos: Identidade, CPF, Número de Identificação Social (NIS), e a última conta de energia (não precisa está em nome da pessoa).

Por causa da pandemia, o uso de máscara será obrigatório no endereço informado. Organizadores do evento vão oferecer álcool em gel e medir a temperatura corpórea do público presente, na finalidade de combater o novo coronavírus.

Horário de funcionamento nos dias 28 e 29

Dia 28/01 (quinta-feira): 9h30 às 11h30/ 13h30 às 16h30.

Dia 29/01 (sexta-feira): atendimento só no turno da manhã.

...
Skip to content