ATÉ 31 DE MAIO: Lagoa Seca realiza campanha “Leão Solidário” para beneficiar crianças e adolescentes por meio do Imposto de Renda; saiba como ajudar

Os contribuintes que ainda não declararam o Imposto de Renda 2022 têm até a próxima semana, 31 de maio, para fazer o procedimento. O que muita gente não sabe é que parte do Imposto de Renda pode ser direcionado ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA) de Lagoa Seca.

Os interessados em ajudar podem solicitar ao contador que inclua o donativo na declaração.

A ação – que faz parte da campanha “Leão Solidário” – não traz custos adicionais. Fazendo a destinação, os recursos ficarão no município e serão aplicados em programas e projetos de instituições públicas e privadas que executam ações de atenção e proteção às crianças, aos adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade e risco social.

A pessoa poderá destinar até 3% do Imposto de Renda ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente da cidade.

“É importante dizer que a destinação dos recursos é sempre para um fundo, não para uma instituição. Uma oportunidade valiosa de fazer muita diferença na vida de milhares de crianças e adolescentes”, afirmou Michelle Ribeiro, secretária municipal de Assistência Social.

Festa rende homenagens às mães e sorteia quase 200 presentes neste domingo em Lagoa Seca

O público, de maioria feminina e que marcou presença na Praça João Jerônimo da Costa (Praça da Matriz), pôde participar do sorteio dos presentes. Entres os donativos estiveram utensílios domésticos (como geladeiras, fogões, televisores, liquidificadores, jogos de panelas, tanques de lavar roupa) e aqueles de ordem pessoal (a exemplo de prancha para cabelo e vouchers de salão de beleza).

Tudo isso foi resultado de um grande evento organizado pela Prefeitura Municipal, por intermédio da Secretaria de Assistência Social. Segundo a pasta, 180 presentes foram distribuídos neste domingo, 15, dia de homenagear as mães do município (comemorado oficialmente no último dia 8 de maio). Muitos brindes vieram do apoio de empresários e lojistas da cidade.

Para Michelle Ribeiro, uma das maiores responsáveis pela festa, o dever cumprido se deu graças ao trabalho de uma gestão unida e dedicada às causas sociais. “Muitas dessas mulheres sorteadas não tinham sequer, por exemplo, um fogão em casa. E a gente ficou feliz por ver que nosso ideal foi atingido, e só foi possível porque temos uma gestão, uma secretaria unida e interessada ajudar os mais necessitados”, pontuou a secretária de Assistência Social.

E se a tarde do domingo foi preparada especialmente a quem tem o maior significado da palavra amor, não podiam faltar celebrações e homenagens àquelas que geram e/ou adotam vidas. Abrindo os trabalhos, o coral da terceira idade subiu ao palco para entoar canções que falam desse amor maternal. O grupo é coordenado pelo CRAS.

Em seguida, a plateia direcionou seus olhares aos usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, cujo setor protagonizou mais cultos neste domingo de emoções.

Tantos talentos e uma gama de prêmios. Estamos felizes por ver no semblante de cada um, de cada uma a atenção dada ao evento e, sobretudo, por saberem que as mães merecem toda valorização”, foi o que disse a prefeita Dalva Lucena.

A gestora compõe a lista de autoridades, reunindo vereadores do município, entre eles Fabiano Ramalho (presidente da Câmara), o ex-prefeito Fábio Ramalho, seguido do ex-chefe do executivo municipal de Campina Grande, Romero Rodrigues, além de secretários e coordenadores municipais da prefeitura.

Ainda que a pandemia não tenha sido encerrada de vez, a festividade aconteceu e aglomerou um grande número de pessoas devido aos consideráveis índices da campanha de vacinação atingidos em Lagoa Seca, bem como a ausência de casos confirmados da doença.

Não há números exatos de quantas pessoas lotaram a praça, embora exista uma estimativa de quase 2 mil participantes. Isso porque foram entregues 1.500 pulseirinhas – servindo de organização do público e controle sobre o sorteio dos brindes.

Dalva participa da entrega do Cheque Cidadão pela primeira vez como prefeita de Lagoa Seca

A distribuição de renda do programa municipal Cheque Cidadão referente ao mês de abril contou com a participação da prefeita Dalva Lucena na manhã desta quarta-feira (13). O evento – organizado pela Secretaria de Assistência Social – aconteceu no salão paroquial da igreja católica e foi destinado ao público morador da zona rural da cidade.

Como gestora de Lagoa Seca, essa foi a primeira vez de Dalva presente na entrega do auxílio criado pelo seu companheiro de administração, o ex-prefeito Fábio Ramalho. O Cheque Cidadão tem a missão de propor desenvolvimento da cidadania e a inclusão social da família em situação de pobreza, gerando a garantia mínima da segurança alimentar e nutricional. Atualmente, mais de 250 pessoas são contempladas com o cheque.

“Estar aqui pela primeira vez, tendo contato com esse público, é uma emoção grande. Antes de assumir o comando da prefeitura, eu já sabia e presenciava o semblante de alegria em ver homens e mulheres que são ajudados com esse dinheiro. Vamos dar, sim, continuidade”, garantiu a chefe do executivo municipal.

O momento ainda reuniu a secretária de Assistência Social, Michelle Ribeiro, a coordenadora do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Cecita Jerônimo, e demais funcionários dos seguimentos.

Ainda nesta quarta-feira, a prefeitura repassa o benefício aos beneficiários residentes na zona urbana. Para o mês de maio, segundo a pasta, a data escolhida para entrega do cheque será o dia 13 – ainda com local e horários a serem definidos.

Com a inserção do bairro São José, se aproxima de 900 o total de famílias inseridas no programa Mesa Farta em Lagoa Seca

O programa municipal de distribuição de alimentos prontos, o Mesa Farta, conta atualmente com cerca de 900 famílias de Lagoa Seca. A iniciativa da prefeitura surgiu para combater a subnutrição e a fome da população mais carente, especialmente durante o cenário da pandemia de Covid-19.

Na tarde desta quarta-feira (16), a Secretaria de Assistência Social rendeu boas-vindas aos cadastrados do bairro São José, segunda região da zona urbana da cidade a ser inserida no programa. O momento aconteceu no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e contou com as presenças do prefeito Fábio Ramalho e da responsável pela Assistência Social do município, Michelle Ribeiro.

Só no bairro São José, passou de 100 famílias que, uma vez por semana, em dia já estabelecido pela prefeitura, já têm a oportunidade de ter mais alimentos em suas mesas. O prazo para angariar novos interessados ao programa ainda não encerrou, podendo as inscrições serem feitas na secretaria ou no SCFV.

“A gente fica muito feliz vendo que seguimos atendendo os lagoassequenses que mais precisam. O programa [Mesa Farta] é um sonho de lá atrás, antes mesmo do começo do nosso primeiro governo. E, graças a Deus, estamos oferecendo esse sonho a mais pessoas. A tendência é levarmos essa ação para outras comunidades, com toda certeza”, prometeu o prefeito Fábio.

Outras seis localidades, espalhadas na zona rural de Lagoa Seca, também integram a lista do programa Mesa Farta. São elas: Chã do Marinho, Campo do Bahia, Vilas Esperança, Florestal, Ipuarana e Ezequias Trajano.

Prefeito Fábio ganha homenagens durante entrega de cestas básicas e Cheque Cidadão às famílias de Lagoa Seca

Podia ser apenas uma entrega habitual do auxílio municipal Cheque Cidadão, mas não foi. Isso porque a Secretaria de Assistência Social promoveu um evento repleto de emoção e homenagens destinadas ao prefeito Fábio Ramalho, que, no final do mês, deixa o comando da prefeitura para dedicar-se à campanha eleitoral deste ano.

O encontro aconteceu na manhã desta terça-feira, 15, no auditório do Convento Ipuarana. Mulheres que representam suas famílias contempladas com o Cheque Cidadão receberam o benefício referente ao mês de março. Além disso, elas também levaram para casa uma cesta básica, donativos entregues costumeiramente pelo governo municipal.

O programa Cheque Cidadão – idealizado por Fábio e iniciado pelo seu governo em 2019, ainda no primeiro mandato – busca desenvolver cidadania e inclusão social dos lares em situação de pobreza, garantindo mínima segurança alimentar e nutricional. Atualmente, pouco mais de 250 famílias estão inseridas no programa.

Esse foi praticamente o último encontro do prefeito com o grande público da Assistência Social. Fábio pôde ver, no semblante da plateia e nos cartazes com mensagens de gratidão, o reconhecimento de “quem mais precisa” – frase tão atribuída a seus discursos sempre voltados às necessidades dos mais vulneráveis.

“A vida é feita de ciclos, e cada um de nós tem o seu. Graças a Deus e ao nosso compromisso, colocamos em prática um sonho que eu carregava comigo desde os tempos de minha campanha [para prefeito]. Tenho certeza de que muito mais será feito […] E com Dona Dalva na liderança, estaremos dando sequência ao progresso que Lagoa Seca tanto merece”, disse Fábio.

Para Michelle Ribeiro, responsável pela Secretaria de Assistência Social, a prova de que políticas públicas são essenciais na vida das pessoas está em programas como o Cheque Cidadão. “Só sabe quem precisa […] seja de um alimento, de um auxílio qualquer. É por isso que a atual administração pública tem essa característica: de dar apoio aos carentes e estar ao lado de nossa população”, destacou a secretária.

(DECOM/PMLS)

Na abertura do ano legislativo, Fábio anuncia novas obras e ações em Lagoa Seca

Na noite desta terça-feira (22), o prefeito Fábio Ramalho participou da abertura do ano legislativo da Câmara de Vereadores de Lagoa Seca. O momento possibilitou que o gestor fizesse um balanço das ações de governo e anunciasse novos empenhos para o município.

Em um discurso de pouco mais de meia hora, Fábio começou suas palavras agradecendo ao parlamento municipal por sempre votar temas que são, segundo ele, de relevância à cidade. Entre as autoridades presentes na solenidade estiveram a vice-prefeita Dalva Lucena, secretários e coordenadores da prefeitura. A abertura do ano legislativo foi conduzida pelo presidente da Casa, vereador Fabiano Ramalho.

Em mais um início de período ordinário da Câmara, venho com alegria a esta Casa, pois foi aqui meus primeiros passos na vida pública. Por vezes, muitos podem até não entender como funciona o trabalho do Executivo, mas é aqui, neste local, a origem dos rumos, do crescimento esperado por Lagoa Seca”, afirmou o prefeito.

Em seguida, o mandatário recordou dos desafios encontrados por ele e sua equipe desde quando começou seu primeiro mandato, em 2017. De acordo com ele, muita coisa avançou e a cidade tem agora “nova cara”. Melhorias na saúde, como a ampliação e melhor atendimento no Hospital Geral Municipal Ana Maria Coutinho Ramalho, e a criação de políticas públicas na área da Assistência Social, a exemplo de programas como o Cheque Cidadão e o Mesa Farta, foram os destaques dados pelo gestor na tribuna.

Mas Fábio não ficou apenas na prestação de contas. O chefe do executivo municipal anunciou novas ações ao menos em três novas pastas do governo: Saúde, Agricultura e Infraestrutura.

Novas ambulâncias e mais uma unidade de saúde

Dentre as novidades trazidas pelo prefeito Fábio Ramalho durante a abertura do ano legislativo da Câmara, o político anunciou a aquisição de mais duas novas ambulâncias para comunidades da zona rural de Lagoa Seca: Vila Florestal e Floriano, especificamente. Ainda nessa pauta, a construção de uma grande unidade de saúde também compõe o pacote de presentes que a prefeitura dará à população.

Garantia de mais maquinários e valorização das associações rurais

Outro setor que ganhou destaque diante do que virá pela frente foi a área da agricultura, também valorizada pelo comando de Fábio. Segundo anunciou o prefeito, Lagoa Seca vai receber, em breve, mais uma máquina patrol e retroescavadeira, na finalidade de abranger demandas oriundas do homem do campo. Além disso, associações rurais vão ser beneficiadas com a contribuição de um salário mínimo, visando custear serviços gerados por elas. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento vai montar a parte logística do implemento, bem como seus critérios para futuros beneficiados. Outras informações vão ser divulgadas logo mais pela prefeitura.

Avanço de pavimentações na zona rural

A infraestrutura também marcou presença no pacote de obras que vão ser executadas pela prefeitura, só que nesse caso, na zona rural. As regiões da Chã do Marinho, Quicé e Vila Florestal foram ditas como aquelas que ganharão, mais uma vez, obra de pavimentação com paralelepípedos, seja em suas ruas ou ladeiras. Em março, uma ordem de serviço será assinada pelo prefeito, a fim de começar o processo que visa melhorar a mobilidade de pessoas e veículos nesses locais.

Nossa cidade pode ter certeza que, apesar das limitações enfrentadas por cada um de nós, com fé em Deus e muito trabalho, haja vista nossas viagens a Brasília/DF, angariando recursos, queremos valorizar o lagoassequense, ofertando dignidade e qualidade de vida, de modo que isso chegue a quem mais precisa”, finalizou o prefeito Fábio Ramalho.

1ª edição do Casamento Civil Comunitário de Lagoa Seca oficializa união de 43 casais; confira os destaques

O amor está no ar. Esse foi o sentimento encontrado na primeira edição do Casamento Civil Comunitário de Lagoa Seca. 43 casais disseram o tão esperado “sim”, oficializando suas relações conjugais. A cerimônia dessa natureza – que embalou os corações apaixonados – aconteceu na tarde desta quarta-feira (26) e foi promovida pela Secretaria de Assistência Social do município.

Embora a solenidade não pudesse comportar muitas pessoas, levando em consideração à pandemia, quem esteve no local presenciou um cenário encantador, desde a instalação de uma grande tenda para acolher casais e padrinhos, passando pela decoração com belos arranjos de flores, até a disponibilização de um salão de festas no qual serviu para a valsa e o jantar. Evitando aglomerações, cada casal e suas testemunhas ficaram em mesas separadas, onde ali mesmo ganharam o tradicional bolo de casamento.

Há duas décadas convivendo juntos e almejando a chegada dessa data, Lucineide Araújo e José Cícero integraram a lista de selecionados pela prefeitura para o casamento. “Orgulho e gratidão são as palavras que eu ‘tô’ sentindo agora. Há vinte anos que a gente vem sonhando com esse momento. Só mesmo Deus, em primeiro lugar, e a gestão municipal para nos oferecer essa oportunidade”, reconheceu Lucineide.

Sem dúvidas é um trabalho bonito; evento para que outras cidades sigam o exemplo”, sugeriu, por sua vez, José Cícero.

A oficialização do enlace matrimonial foi dada pelo juiz Vladimir José Nobre de Carvalho. Funcionários do Cartório de Registro Civil e Notas de Lagoa Seca preparam o trâmite jurídico e toda papelada do noivos. A entrega da Certidão de Casamento acontecia após as assinaturas dos cônjuges e das testemunhas.

A secretária de Assistência Social, Michelle Ribeiro, lembrou do percurso até a concretização do projeto, que é inovador em Lagoa Seca. “Quando olho para trás, tenho a certeza de que demos nosso melhor. A gente teve uma jornada grande de trabalho – incluindo avaliação, seleção dos noivos, logística […] E o que nos alegra, portanto, é ver no semblante de cada um o sinal de alegria”, avaliou a gestora, ciente da dedicação dos funcionários de sua pasta.

A vice-prefeita Dalva Lucena disse que a festa serviu no intuito de engrandecer os laços matrimoniais “Minha mensagem é essa: casais devem ser compreensivos, companheiros, amigos. Esta novidade [referindo-se ao casamento civil coletivo] vem fortalecer, engrandecer laços matrimoniais”, pontuou Dalva.

Outro casal vivendo há algum tempo em união são os jovens José Ranilson e Luana Silva. Eles comentaram do antigo desejo de registrar, de maneira oficial, o sentimento de amor existentes em ambos “Grande privilégio está vivendo isso. A gente vai viver, não apenas hoje, mas para sempre nosso amor e respeito mútuo”, garantiram os pombinhos, juntos há sete anos.

O primeiro Casamento Civil Comunitário torna-se um marco para Lagoa Seca, um grande feito a nossas famílias, muitas já constituídas. Com tal momento ímpar na vida das pessoas, a cidade se desenvolve cada vez mais. Aqui, externo meus cumprimentos à equipe da Semas [Secretaria de Assistência Social], atuantes neste belíssimo momento. Se os tempos são difíceis por conta da pandemia, o dia de hoje é de alegria”, comemorou o prefeito Fábio Ramalho.

Confira alguns registros do 1º Casamento Civil Comunitário de Lagoa Seca

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos realiza Cantata Natalina na próxima quarta

Em celebração ao período natalino, a Prefeitura de Lagoa Seca por meio da Secretaria de Assistência Social irá realizar uma Cantata Natalina, organizada pelos alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, no Convento Ipuarana.

O evento contará com a apresentação de um musical, envolvendo peça teatral, dança e muita música natalina.

A Cantata acontece na próxima quarta-feira (22), às 18h, no Convento Ipuarana. E será aberto ao público, para prestigiar é necessário está usando máscara.

A organização desse evento tem o objetivo de fortalecer o espírito natalino a cultura e também, mostra a população um pouco do trabalho desenvolvido pela gestão no âmbito da assistência social.

...
Skip to content