Prefeitura de Lagoa Seca habilita servidores para melhor atender demandas da população LGBTQIA+

Na finalidade de promover uma sensibilização por parte dos servidores públicos no que diz respeito ao melhor atendimento à população LGBTQIA+ (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, travestis, queer, intersexo e assexuais), a Prefeitura de Lagoa Seca promoveu pela primeira vez na história um evento desta natureza. O momento aconteceu na manhã desta quarta-feira (20), no Centro Maristas de Eventos.

Entre outros objetivos do evento estiveram a exposição de direitos e garantias conquistadas até agora por essa população, bem como a necessidade de garantir políticas públicas para essa comunidade da qual contabiliza, em vinte anos, mais de cinco mil mortes de pessoas representadas por essas letras, segundo dados do Observatório de Mortes Violentas de LGBTI+, feito pelos grupos Acontece Arte e Política LGBTI+ e Grupo Gay da Bahia (GGB), uma realidade que expõe violência resultante do preconceito sofrido por elas no Brasil. 

O encontro foi organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), e reuniu coordenadores da própria pasta e de outras, como Saúde e Educação. Os trabalhos foram conduzidos pelo Centro Estadual de Referência dos Direitos de LGBT, em Campina Grande (Espaço LGBT – Luciano Bezerra), órgão ligado à Secretaria da Mulher e Diversidade Humana do governo estadual.

A programação contou inicialmente com a formação de grupos, para que eles pudessem avaliar casos reais de homofobia e quais condutas poderiam ser tomadas diante das situações. Logo após, uma palestra acerca do tema principal foi ministrada por representantes do Centro Estadual de Referência dos Direitos de LGBT.

Laura Brasil, coordenadora do Centro, disse que a abertura dada pela prefeitura ao debate possibilita uma integralização dos direitos e cidadania de todos. “Quando a gente [Centro] acessa esse serviço, conseguimos sensibilizar tais profissionais, além de percebermos uma rede integrada e a efetivação do sistema de proteção como um todo, esses são os papéis e objetivos do SUS e do SUAS (Sistema Único de Assistência Social). A gente fica muito feliz por essa abertura encontrada em Lagoa Seca, para que juntos realizemos um atendimento digno, humano e de integralização dos direitos e cidadania”, pontuou. 

“Recebemos quase que diariamente demandas de pessoas que sofrem preconceito. É por isso que a gente realiza este momento tão importante, sempre buscando um olhar sensível às causas, respeitando cada pessoa e sua individualidade. A política social tem ganhado mais força na nossa cidade, graças ao enorme apoio dado pelo prefeito Fábio Ramalho”, destacou a secretária de Assistência Social, Michelle Ribeiro.

Michelle Ribeiro, secretária de Assistência Social de Lagoa Seca; imagem: ASCOM/PMLS
Imagem: ASCOM/PMLS
Representantes do Centro Estadual de Referência dos Direitos de LGBT, em Campina Grande (Espaço LGBT – Luciano Bezerra); imagem: ASCOM/PMLS

Novo decreto de Lagoa Seca amplia número de público em eventos sociais e esportivos

Novas medidas restritivas em Lagoa Seca autorizam a flexibilização da capacidade de pessoas em eventos sociais, que agora poderão ser ocupados por 50% do público. No caso dos eventos esportivos, a exigência de lotação se limita a 30% de ocupação.

As regras contidas no mais novo decreto municipal foram publicadas pelo prefeito Fábio Ramalho na segunda-feira (18), com validade até o dia 31 de outubro.

Confira as regras do novo decreto:

Eventos sociais

Fica permitida a realização de eventos sociais e corporativos, com até 50% da capacidade do local e limite máximo de 150 pessoas, observando todos os protocolos elaborados pela Secretaria Municipal de Saúde. Caracterizam-se: reuniões, conferências, recepção de convidados para comemorar aniversário, casamento, ou similares, em casas de festas, clubes e espaços destinados a realização de tais eventos em condomínios habitacionais, como também em residências particulares.

Atividades esportivas:

Campos de futebol, como também quadras de esportes para a realização de outras atividades esportivas, estão liberadas a funcionar, incluindo-se as equipes de rachas esportivos.

Estádio Municipal

O Estádio Municipal ‘O Titão’ fica liberado com limite máximo de público de até 30% da capacidade do local estando as pessoas devidamente vacinadas e portando seus comprovantes (carteira de vacinação em papel ou digital), nos quais constem a certificação do recebimento de primeira dose há pelo menos 14 dias ou de segunda dose da vacina.

Academias populares

Equipamentos públicos destinados à prática de atividades esportivas estão a serviço da população, com limite máximo depúblico de até 30% da capacidade do local estando as pessoas devidamente vacinadas e portando seus comprovantes (carteira de vacinação em papel ou digital), nos quais constem a certificação do recebimento de primeira dose há pelo menos 14 dias ou de segunda dose da vacina contra o novo coronavírus.

Eventos esportivos

Estão autorizados os eventos esportivos realizados em arenas, com limite máximo de público de até 30% da capacidade do local, distribuído em pelo menos 04 setores distintos, estando as pessoas devidamente vacinadas e portando seus comprovantes (carteira de vacinação em papel ou digital), nos quais constem a certificação do recebimento de primeira dose há pelo menos duas semanas ou de segunda dose das vacina contra covid.

Shows

Shows podem ocorrer desde que obedeça a ocupação de até 20% da capacidade do local e limite máximo de 150 pessoas.

Parques de diversão e piscinas sociais

No período entre 18 a 31 de outubro fica liberado o funcionamento de parques de diversão e piscinas sociais existentes em áreas de lazer comerciais, como também nos condomínios residenciais localizados na cidade, devendo os responsáveis pelo local cumprirem todos os protocolos dos órgãos de vigilância em saúde. As atividades permitidas a funcionar ficam limitadas a ocupação máxima de 40% da capacidade de lotação do local e máximo de 150 pessoas.

Missas e cultos

As missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas presenciais poderão ocorrer com ocupação de 70% da capacidade do local durante o período de vigência do decreto, ficando asseguradas as atividades de preparação, gravação e transmissão, além das ações de assistência social e espiritual.

Aulas

Escolas e instituições privadas dos ensinos infantil e fundamental poderão funcionar por meio do sistema híbrido, nos termos do decreto estadual no 41.010, de 07 de fevereiro de 2021.

As escolas e instituições privadas dos ensinos infantil e fundamental poderão realizar atividades presenciais para os alunos com transtorno do espectro autista– TEA e pessoas com deficiência. A organização das atividades educacionais presenciais deverá considerar a presença de grupos de no máximo 50% dos estudantes da turma convencional, considerando a reorganização das salas de aula e o distanciamento social de 1,5 metro entre os estudantes. Escolas públicas da rede municipal de ensino que ofertem a Educação Infantil e Fundamental e duas escolas que desenvolvem atividades na Educação de Jovens e Adultos (primeira fase) funcionarão por meio do sistema híbrido, nos termos do decreto estadual no 41.010, de 07 de fevereiro de 2021.

Bares e restaurantes

Bares, restaurantes, lanchonetes, lojas deconveniência e estabelecimentos poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 6h até 00h, com ocupação de 50% da capacidade do local, ficando vedada, antes e depois desse horário, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery ou para retirada pelos próprios clientes (takeaway) até 01h do dia seguinte. Fica permitida a realização de show artístico ao vivo até, no máximo, 23h, vedado o uso de pista de dança, limitando a ocupação em 30% da capacidade de lotação do estabelecimento e, no máximo 100 pessoas.

Setor de serviços e comércio

Estabelecimentos do setor de serviços e o comércio poderão funcionar, das 8h às 18h, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor. A construção civil somente poderá funcionar das 7h até as 17h.

Outras atividades aptas a funcionar

Salões de beleza, barbearias e demais estabelecimentos de serviços pessoais, atendendo exclusivamente por agendamento prévio e sem aglomeração de pessoas nas suas dependências, das 08h às 18h, observando todas as normas de distanciamento social;
Academias, com 50% da capacidade, até as 21h;
Hotéis, pousadas e similares;
Indústria;
Estabelecimentos médicos, hospitalares, odontológicos, farmacêuticos, psicológicos, laboratórios de análises clínicas e as clínicas de fisioterapia e de vacinação;
Clínicas e hospitais veterinários, bem como os estabelecimentos comerciais de fornecimento de insumos e gêneros alimentícios pertinentes à área;
Distribuição e comercialização de combustíveis e derivados e distribuidores e revendedores de água e gás;
Hipermercados, supermercados, mercados, padarias e similares, devendo encerrar as atividades até 20h;
Feiras livres, desde que observadas as boas práticas de operação padronizadas pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento;
Agências bancárias e casas lotéricas;
Cemitérios e serviços funerários;
Empresas de saneamento, energia elétrica, telecomunicações e internet;
Lojas de autopeças, motopeças, lojas de serviços de mecânica em geral, produtos agropecuários e insumos de informática;
Óticas e estabelecimentos que comercializem produtos médicos/hospitalares.

Vendas de churrasquinhos e funcionamento de quiosques

Pontos de vendas de churrasquinhos e quiosques poderão funcionar até as 23h, ficando vedada utilização de mesas e cadeiras para uso dos clientes. Quiosques localizados na Praça João Jerônimo da Costa, conhecida como Praça da Matriz, situada no centro da cidade poderão funcionar até as 21h, ficando vedada a utilização de mesas e cadeiras para uso dos clientes, como também a comercialização de bebidas alcoólicas.

Multas

Responsáveis pelos estabelecimentos comerciais e de serviços e profissionais liberais que descumprirem as determinações do decreto serão autuados e multados em R$ 5 mil.

Uso de máscaras

Permanece obrigatória a utilização das máscaras nos espaços de acesso aberto ao público, incluídos os bens de uso comum da população, vias públicas, no interior dos órgãos públicos, nos estabelecimentos privados e nos veículos públicos e particulares, inclusive ônibus e táxis, cabendo aos órgãos públicos, aos estabelecimentos privados e aos condutores e operadores de veículos a exigência do item.

Mais da metade da população está com as duas doses contra a Covid-19 em Lagoa Seca

O número de pessoas vacinadas com ao menos uma dose ou dose única – no caso do imunizante da Janssen – contra a Covid-19 em Lagoa Seca chegou nesta terça-feira (19) a 18.622, o equivalente a 93,4% da população acima de 18 anos. No último sábado, o município aplicou em apenas um dia mais de 700 doses voltadas a quem esperava completar o esquema vacinal. Os números são da Secretaria Municipal de Saúde.

A segunda dose foi aplicada em 11.349 lagoassequenses, ou 56,9% dos habitantes, que agora estão com a imunização completa contra o novo coronavírus. Nesta terça-feira, a Policlínica Manoel Jácome abriu as portas para aplicar a D2 em quem havia tomado a primeira parte do imunizante da Pfizer no dia 22 de julho. Até o fechamento desta matéria, a unidade não tinha concluído os números exatos da vacinação.

Até agora, outros 503 munícipes já arregaçaram as mangas para receber em seus braços a dose de reforço, ou seja, a terceira. Em números precisos, essa quantidade é a mesma que 2,52% de “revacinados”.

Entre segunda dose contra Covid-19 e multivacinação, Lagoa Seca vacina quase 900 pessoas no fim de semana

Em mais uma força-tarefa exitosa e que rendeu bons números tocante à imunização em Lagoa Seca, quase 900 pessoas passaram pela Policlínica Manoel Jácome neste último sábado (16) à procura da segunda dose contra a Covid-19 ou atualizar a caderneta de vacinação, no caso de crianças e adolescentes.

Segundo a Secretaria de Saúde, 713 doses do laboratório da Oxford/AstraZeneca foram injetadas em quem havia tomado a primeira parte do imunizante em 17 de agosto, completando assim o esquema vacinal. No que se refere ao Dia D da multivacinação, 175 crianças e adolescentes menores de 15 anos também entraram na fila e atualizaram seus cartões de vacinação.

Nesta segunda-feira (18), continua a acontecer a campanha de multivacinação. O horário de atendimento segue até o meio-dia, na policlínica.

Confira o cronograma de imunização contra o novo coronavírus, em Lagoa Seca, de 19 a 21 de outubro:

• Terça-feira (19/10): D2 da Pfizer para quem tomou D1 no dia 22/07, além de retardatários desse mesmo grupo. Local – Policlínica Manoel Jácome, de 8h às 12h;

• Quarta-feira (20/10): D2 da Oxford/AstraZeneca para os vacinados com D1 nos dias 19 e 20/07. Local – Policlínica Manoel Jácome, de 8h às 12h;

• Quinta-feira (21/10): D1 em retardatários de faixa etária acima de 18 anos, que ainda não se vacinou contra a covid;

• Sexta-feira (22/10): feriado municipal alusivo à Virgem dos Pobres.

Prefeitura de Lagoa Seca realiza campanha e pede doação de cabelos e fraldas geriátricas em favor de pacientes sob tratamento oncológico

A Prefeitura de Lagoa Seca está realizando uma campanha visando incentivar a população a doar cabelos e fraldas geriátricas para as pessoas que passam por algum tratamento oncológico na Fundação Assistencial da Paraíba – o hospital da FAP, em Campina Grande.

A mobilização está voltada dentro do que propõe a campanha do Outubro Rosa – mês de conscientização sobre o câncer de mama. Os cabelos doados vão ser destinados à confecção de perucas, na finalidade de garantir autoestima às mulheres que têm queda de cabelo durante o tratamento de quimioterapia. Já no caso das fraldas, quem também puder colaborar vai possibilitar ao paciente idoso um melhor respaldo diante suas necessidades fisiológicas.

A população interessada em ajudar deve procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), de segunda-feira a sexta-feira, no horário de atendimento das 8h às 12h. A instituição fica localizada na Rua Abelardo Coutinho, 124, no Centro da cidade. Lá, também será feita uma triagem alinhada à retirada de eventuais dúvidas e ao agendamento para o corte de cabelo, que será feito no dia 25 deste mês, no Salão Emanuela Jerônimo.

Neste ano, a campanha transmite a seguinte mensagem principal “Sua atitude fará a diferença na vida dessas mulheres!” Os fios podem e devem ser de todos os tipos, seja liso, crespo, dentre outros, só é necessário que atendam o tamanho mínimo de 20 centímetros. Os tamanhos das fraldas solicitados são G e GG.

No ano passado, foi possível produzir, só em Lagoa Seca, 25 perucas as quais foram destinadas às pacientes que já estavam na fila de espera pelos cabelos.

Campanha de multivacinação de crianças e adolescentes tem Dia D neste sábado em Lagoa Seca

O Dia D da campanha que busca colocar em dia a imunização de crianças e adolescentes até 14 anos, 11 meses e 29 dias acontece neste sábado (16) em Lagoa Seca. A Policlínica Manoel Jácome estará recebendo o público-alvo das 8h às 16h.

A pandemia acentuou em 2020 a queda na procura por essas vacinas de rotina, o que aumenta a chance de que doenças consideradas erradicadas possam voltar a circular ou aquelas que vinham com baixos índices cresçam, orientou a Secretaria de Saúde do município.

É fundamental que os responsáveis levem a caderneta de vacinação para a conferência das doses aplicadas e atualização. A campanha seguirá até o dia 29 de outubro.

Na semana, de segunda a sexta-feira, a imunização segue acontecendo normalmente nas unidades de saúde e também na Policlínica Manoel Jácome.

DECOM/PMLS

Lagoa Seca adota ensino híbrido na rede municipal com reabertura de 15 escolas a partir da próxima segunda-feira

O município de Lagoa Seca se prepara para uma nova fase no sistema educacional. Se até então a pandemia impediu alunos e professores frequentarem a sala de aula por quase dois anos, agora essa realidade está cada vez mais próxima de ter um fim. É que na próxima segunda-feira (18) será dada início à adoção do ensino híbrido nas escolas da rede municipal, com aulas presenciais e remotas.

Inicialmente, 15 das 32 escolas espalhadas pela zona urbana e rural foram escolhidas para serem as primeiras a vivenciarem essa nova didática no ensino-aprendizagem. A medida também vai de encontro ao que possibilita o recém decreto lançado pela prefeitura no início do mês, no qual autoriza o retorno semipresencial das modalidades da Educação Infantil, anos iniciais do Ensino Fundamental e, posteriormente, das séries finais do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A medida foi deliberada pela prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, que já vinha avaliando as condições pedagógicas e até sanitárias diante da instalação do sistema híbrido em Lagoa Seca. A redução no número de casos confirmados de Covid-19 e o avanço da vacinação para frear a doença também foram fatores considerados pelas autoridades.

Confira a lista de escolas agendadas para voltar com ensino híbrido em Lagoa Seca nesta primeira fase:

• Escola Frei Manfredo e Escola Anita Cabral – apenas EJA;

• Escola Américo Porto;

• Escola Rosa Amélia;

• Escola Antônio Félix;

• Escola Deocleciano Carneiro;

• Creche Djanira Amélia da Silva;

• Escola Frei Dagoberto;

• Escola Severina Cândido;

• Escola Criança Feliz;

• Escola Tertuliano José da Silva;

• Escola José Benedito de Lima;

• Escola Antônio Demétrio Cassiano;

• Escola José Batista Brandão;

• Escola José Batista de Oliveira.

Vai funcionar assim: alunos não vão frequentar as escolas diariamente. Serão quatro dias de aulas presenciais toda semana, com séries e etapas já divididas de forma escalonada e repassada às instituições.

O funcionamento diário das aulas terá duas horas de duração e não haverá intervalo. Neste período, semanalmente, o setor da Educação vai eleger um dia para avaliar como anda a rotina daquele período e planejar condutas futuras, caso precise.

Os alunos têm direito ao retorno, mas nenhum deles é obrigado. As atividades remotas pela internet serão mantidas. Nos dias em que não estarão na escola, eles deverão acompanhar as atividades de casa.

Além do novo modelo, diversos protocolos de saúde também devem ser seguidos, por conta da pandemia, entre eles o uso obrigatório de máscara, dispositvos de álcool em gel e termômetro infravermelho corporal. A Secretaria de Educação, em alinhamento com a Secretaria de Saúde, prometeu redobrar a sanitização dos prédios escolares, intensificando a limpeza diária visando conter a proliferação do novo coronavírus.

Cada unidade de ensino já contatou os pais de alunos que aderiram ao ensino híbrido, para informar em quais dias o estudante deve comparecer às aulas. Além disso, os responsáveis estão cientes de que precisam assinar um termo de autorização, caso libere a presença do filho na escola.

Lagoa Seca tem mais de mil cães e gatos vacinados no Dia D contra a raiva animal

O município de Lagoa Seca vacinou mais de mil animais neste último sábado, Dia D da vacinação antirrábica. Ao todo, foram 623 cães e 383 gatos.

A Secretaria de Saúde disponibilizou durante todo o dia de sábado a Policlínica Manoel Jácome, para que os bichinhos de estimação se previnam da raiva animal, uma doença infecciosa aguda viral que pode ser transmitida aos humanos por mordidas, arranhões e saliva de animas infectados em contato com a pele lesionada, ou mucosas.

Cinco trabalhadores da Saúde (incluindo agentes de vigilância ambiental e agentes comunitários de saúde) e uma médica veterinária atuaram no Dia D.

A raiva animal atinge o sistema nervoso central e em praticamente todos os casos leva à morte, tanto dos humanos, quanto dos animais. A vacina é a única forma de evitar a doença.

Nesta semana, a Prefeitura de Lagoa Seca começa a abranger a vacinação em animais, em diversas áreas do município. O cronograma, que será divulgado até o penúltima semana de outubro, começa na quarta-feira, nas seguintes regiões. Confira:

• Quarta-feira (13/10): Várzea de Pai Domingos – Igreja/ Terreiro da Igreja Evangélica de Reginaldo, às 8h;

Jenipapo – Praça da comunidade, às 9h30;

Pau Ferro – Residência de Seu Antônio Barbosa, às 10h30;

Oiti – Grupo Escolar Severino Cândido, às 13h;

Oiti – Residência de Dona Nazaré, às 14h;

Oiti de cima – Residência de Dona Maria de Maximino, às 15h30.

• Quinta-feira (14/10): Campinote – praça da comunidade, às 8h;

Campinote de Cima – casa da agente comunitária Luciene, às 9h30;

Lagoa da Marcela – casa de Adeilton, às 9h30.

Gruta Funda – Grupo Escolar Criança Feliz, às 13h;

Lagoa do Gravatá – Grupo Escolar Manoel Pereira, às 14h30;

Retiro – Grupo Escolar Tertuliano M. da Silva, às 15h30.

• Sexta-feira (15/10: Covão – Grupo Escolar José Benedito de Lima/Igreja Santa Terezinha, às 8h;

Alvinho – unidade de saúde; às 9h;

Restaurante Marcelo da Galinha – 10h30;

Quicé – Grupo Escolar Antônio Demétrio, às 13h;

Manguape I – Grupo Escolar Olimpio Coura, às 14h30;

Manguape II – Grupo Escolar Antônio Porto Maria, às 15h30.

...
Skip to content